Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Rodovias de Belém estão cheias de buracos e lama

quarta-feira, 19/04/2017, 10:50 - Atualizado em 19/04/2017, 10:50 - Autor:


Trafegar pelas rodovias Mário Covas e Transcoqueiro, duas das mais importantes vias da Região Metropolitana de Belém, virou sinônimo de perigo. Os problemas nas duas rodovias que ligam os municípios de Belém e Ananindeua estão cheias de buracos, mato, lixo espalhado, sem ciclovia, faixa de pedestres e fiscalização. Não há também nenhuma faixa cidadã. E isso deixa Manoel Barroso, de 50 anos, indignado. “A gente disputa a pista com carro, carreta, ônibus.”

Quem mora, trabalha ou precisa trafegar pelo local revela que enfrenta constantemente obstáculos. “Passa ano e entra ano e nada muda. Toda semana tenho prejuízo com o carro”, diz o marceneiro França Ribeiro. 

Ciclistas não encontram espaço seguro para seguir viagem e acabam se arriscando ao disputar os canteiros laterais com os buracos, lama, mato e veículos. Na tarde de ontem, a reportagem percebeu a dificuldade da dona de casa Simone da Silva, de 30 anos, para trafegar na Mário Covas. Sem sinalização, ela precisou esperar quase 10 minutos para atravessar de um sentido para o outro da rodovia. “É muito perigoso. A gente não tem espaço. O canteiro central é estreito e só mato. Nas laterais, há buraco e lama. Se não tiver cuidado, cai mesmo. No fim das contas, quem sofre é apopulação”, reclama.

Já na Transcoqueiro, que começa na Augusto Montenegro e termina na Mário Covas, não há sequeruma sinalização.

RESPOSTAS

A Prefeitura Municipal de Ananindeua (PMA) informou que o trecho que compete a ela, a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) “faz periodicamente o serviço de tapa-buraco”. Sobre o lixo, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Seurb) disse que “estará enviando uma equipe para fazer o recolhimento do lixo”.

A Prefeitura de Belém afirmou que, desde o início do mês, realiza serviços de reparo na avenida Mário Covas, no trecho que pertence a Belém, entre avenidas Augusto Montenegro e Independência, inclusive na Transcoqueiro. “O serviço de reparo na via continua pelos próximos dias”, reforça a nota.

(Michelle Daniel/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS