Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Após mobilização, cachorro da UFPA é encontrado

quinta-feira, 30/03/2017, 11:55 - Atualizado em 30/03/2017, 19:36 - Autor:


Após mobilização de voluntários e parte da comunidade acadêmica da Universidade Federal do Pará (UFPA), o vira-lata conhecido como "Chapadog" teve o paradeiro identificado nesta quinta-feira (30). Ele vive no campus da UFPA, no bairro do Guamá, em Belém, e estava desaparecido desde segunda-feira (27). 


Maria Araújo, aluna do curso de História da universidade, fez uma postagem no Facebook dizendo que encontrou o cão no bairro do Tenoné.



Maria disse ao DOL, por telefone, que encontrou o cachorro na manhã de hoje e que resolveu levá-lo para casa ao perceber que o animal estava debilitado.


"O avistei de longe e percebi que ele estava sujo, com fome e, por isso, resolvi levá-lo para casa. Há uma semana estou sem ir para aula, mas cuidarei dele e, assim que puder, o entregarei", alegou.


 


DESAPARECIMENTO MOBILIZOU VOLUNTÁRIOS NO PARÁ E OUTROS ESTADOS


Também por telefone, a coordenadora do projeto Peludinhos da UFPA, Elizabete Pires, explicou ao DOL que o cachorro seguiu um grupo de estudantes e embarcou em um dos ônibus do terminal.


No dia seguinte, ao dar falta do animal, usou as redes sociais para comunicar o desaparecimento e foi informada que Chapadog foi visto desembarcando em frente ao conjunto Jardim Sevilha, no bairro do Parque Verde, próximo da Avenida Augusto Montenegro.


Com apoio de voluntários e defensores da causa animal no Pará e, inclusive, de outros estados, Elizabete conseguiu confirmar o paradeiro do cachorro. 


Ela ressalta que o projeto oferece assistência médica e acompanhamento aos animais que transitam pelo campus, e que o objetivo principal é encaminhá-los para a adoção.


Uma página no Facebook dedicada ao Chapadog foi usda para divulgar o desaparecimento do cachorro e esclarecer fatos.


Veja algumas publicações:






(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS