Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Docentes da UFPA podem entrar em greve

terça-feira, 08/11/2016, 22:25 - Atualizado em 08/11/2016, 22:25 - Autor:


Em assembleia geral, realizada pela Associação de Docentes da UFPA (ADUFPA), professores da Universidade Federal do Pará (UFPA) decidiram por aprovar o indicativo de greve da categoria. A reunião ocorreu na tarde desta terça-feira (8).


Segundo informações do site da ADUFPA, o indicativo de greve da categoria começa a partir do dia 11 de novembro, em protesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55. Uma nova assembleia dos docentes será realizada na tarde da próxima quinta-feira (10) para avaliar a deflagração do movimento grevista.


O indicativo de greve foi aprovado após um intenso debate sobre a conjuntura política brasileira e as mobilizações na UFPA.


“A conjuntura está bastante dinâmica. Ou nos movimentamos e intensificamos a luta ou veremos nossos direitos serem congelados por vinte anos. A construção da greve é, portanto, uma necessidade imediata para defender o futuro dos trabalhadores e da juventude”, garantiu a diretora-geral da ADUFPA, Sandra Helena Cruz.


OCUPAÇÃO


Ainda segundo a ADUFPA, os docentes aprovaram também estado de ocupação e orientaram os professores a participarem ativamente da programação das ocupações estudantis.


A decisão da categoria reforça o processo de ocupação da UFPA, que iniciou no último dia 24 de outubro nos campi de Abaetetuba e Cametá, e ontem atingiu sete campi da instituição, com os estudantes ocupando o campus central de Belém, após uma assembleia com quase 2 mil alunos.


Durante a assembleia de hoje, os professores indicaram que os docentes promovam assembleia nos campi no dia 10, para avaliar a deflagração da greve.


A assembleia definiu, ainda, a criação de um comitê conjunto entre docentes, técnico-administrativos e estudantes para acompanhar os movimentos de ocupação.


Nesta quarta-feira (9), às 11 horas, no pátio da reitoria, as três categorias estarão reunidas em uma assembleia conjunta que vai discutir a luta unificada contra a PEC 55.


Para facilitar o processo de mobilização, os professores aprovaram assembleia permanente e a constituição do Comando Local de Mobilização, que deverá ser instalado amanhã, às 14 horas, na sede administrativa da ADUFPA, nos Altos do Vadião.


UFPA


Por telefone, o DOL tentou contato com a UFPA, mas ninguém foi encontrado para falar do assunto.


(Com informações da ADUFPA) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS