Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Loja dribla crise e garante boas vendas no Círio

terça-feira, 18/10/2016, 10:02 - Atualizado em 18/10/2016, 10:07 - Autor:


Além de ser um momento de fé e devoção, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré aquece vários setores da economia, especialmente o turismo religioso. Neste ano, o Dieese estima que mais de 80 mil turistas tenham vindo à capital paraense para a festa. Além disso, a expectativa é de que o Círio insira R$ 1,1 bilhão na economia do Pará.

Na loja Lírio Mimoso, ao lado da Basílica Santuário, que vende artigos religiosos oficiais, o movimento de vendas é considerado bom. “A crise não chegou aqui. A gente ficou apreensiva, mas estamos com fluxo normal de vendas, igual ao ano passado”, afirmou a gerente Rafaela Rodrigues.

A loja se preparou para superar a crise nacional adquirindo desde julho pedidos com custo menor, para garantir boas vendas. “Também fizemos algumas mudanças neste ano. Normalmente, vendemos quase exclusivamente produtos voltados à Nossa Senhora de Nazaré durante o Círio, mas, desta vez, procuramos trazer artigos como agendas e camisetas que geralmente são vendidos apenas no Natal. O resultado foi bom”, conta a gerente. Mas, segundo Rodrigues, os produtos mais pedidos continuam os mesmos dos anos anteriores: imagens, medalhas, camisas e fitinhas. “Mantemos preços similares aos do ano passado e o movimento é constante, intensificando-se antes e depois das missas e antes dos shows do Círio Musical”, relata.

PEREGRINAÇÕES

De acordo com ela, o período de vendas voltadas para o Círio começa na Missa do Mandato, quando iniciam as peregrinações nas casas, e segue até o Recírio. Neste ano, então, começou em 28 de agosto e finaliza em 24 de outubro. “O movimento é constante e temos um público bem equilibrado entre turistas e devotos daqui”, diz.

(Alice Martins Morais/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS