Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


32°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Marabá: três dos candidatos a prefeito já votaram

domingo, 02/10/2016, 15:07 - Atualizado em 02/10/2016, 16:50 - Autor:


Os quatro candidatos que concorrem ao cargo de prefeito de Marabá, no sudeste paraense já votaram neste domingo (2) no município. Três deles votaram logo pela manhã e o candidato Tião Miranda foi o último, votando ás 16h na escola Anísio Teixeira, na Cidade Nova.


Os candidatos são Rigler Aragão (Psol), Dr. Jorge Bichara da coligação “Certeza de um Tempo Novo” (PV / PSDC / PTN / PT / PT do B / PEN), Dr. Manoel Veloso da coligação “Pra Reviver Marabá” (PDT / DEM / PRTB / PR) e Tião Miranda da coligação “Todos por Marabá” (PTB / REDE / PSDB / PPS / PSC / PRB / PRP / PMN / PP / PSB / PROS / PHS / PPL / PC do B / PMDB / PSL / PSD / SD), disputam o cargo de prefeito em Marabá.



O candidato Rigler Aragão (Psol) votou às 9h em uma escola pública da Folha 29, Nova Marabá. O candidato Manoel Veloso votou às 9h10 na escola Ida Valmont no núcleo Cidade Nova e o candidato Dr. Jorge Bichara votou às 9h15 na escola Plínio Pinheiro na Marabá Pioneira.


 


O candidato Rigler Aragão (Psol) votou às 9h. (Foto: Divulgação)


O candidato Rigler Aragão (Psol) votou às 9h em uma escola pública da Folha 29, Nova Marabá. O candidato Manoel Veloso votou às 9h10 na escola Ida Valmont no núcleo Cidade Nova e o candidato Dr. Jorge Bichara votou às 9h15 na escola Plínio Pinheiro na Marabá Pioneira. O candidato Tião Miranda tem previsão de votar às 16 horas na escola Anísio Teixeira, também na Cidade Nova.


Dr. Manoel Veloso durante votação. (Foto: Divulgação)


Até por volta do meio dia de hoje, onze pessoas foram presas e apresentadas nas delegacias da Polícia Federal e na Policia Civil. As pessoas presas devem responder processos por crimes eleitorais, divulgação de propaganda eleitoral, violação da lei seca e até mesmo por compra de votos.


A Polícia Federal deflagrou a operação ‘Saruê’ na manhã deste domingo onde cumpriu 27 mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz titular da 23.ª zona eleitoral, Marcelo Andrei Simão Santos em casas de vereadores, candidatos e cabos eleitorais e em um dos locais a Polícia Federal apreendeu o valor de R$ 110 mil reais.

(Sucursal Marabá)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS