Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


28°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Protesto pede solução para incêndio em lixão

terça-feira, 18/08/2015, 21:00 - Atualizado em 18/08/2015, 21:00 - Autor:


Moradores de Cametá, no nordeste paraense, realizaram um protesto, na manhã desta terça-feira (18), impedindo a passagem de veículos na estrada da localidade de Mataquiri, distante cerca de cinco quilômetros da sede de Cametá.



Uma longa fila de veículos foi formada por causa do protesto dos moradores (Foto: Gisele Henriques/TV Tocantins)


Os manifestantes exigiam uma solução urgente para acabar com o incêndio em um lixão a céu aberto que, segundo eles, já dura quatro dias. A forte fumaça tom a conta da cidade e os moradores alegam que vem causando diversos problemas. Aulas em algumas escolas, inclusive, tiveram que ser suspensas.


O lixão na localidade de Mataquiri é alvo de constantes incêndios, que segundo denúncias de moradores, são ações criminosas, devido o local não possuir segurança ou algum processo de compostagem. Os detritos se acumulam, causando mau cheiro e proliferação de urubus. 


Segundo os moradores, fogo no lixão já dura quatro dias (Foto: Gisele Henriques/TV  Tocantins)


 


O Corpo de Bombeiros de Cametá informou que durante a tarde uma equipe esteve no lixão realizando ações para conter as chamas. Retroescavadeiras estão revolvendo e enterrando os detritos da área, impedindo, assim, o avanço dos focos de incêndio. 


Com o protesto, uma enorme fila foi formada. A Polícia Militar precisou conter a situação. O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Arnaldo Coelho,  também esteve no local e conversou com os moradores.


Por causa do incêndio, cidade está tomada pela fumaça, que tem provocado até a suspensão de aulas (Foto: Gisele Henriques/TV  Tocantins)


(DOL com informação de Gisele Henriques/TV Tocantins)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS