Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Índios tembé fazem reféns em Tomé-Açu

quinta-feira, 17/05/2012, 15:25 - Atualizado em 17/05/2012, 15:52 - Autor:


Índios do povo Tembé, da reserva de Turé-Mariquita, em Tomé-Açu, fazem de reféns cerca de 10 funcionários do consórcio BioVale. De acordo com informações da coordenação técnica da Fundação Nacional do Índio (Funai), os indígenas protestam contra impactos ambientais resultantes da atividade da empresa, que tem plantações de dendê no entorno da aldeia.


No início da madrugada, os índios chegaram a bloquear a passagem sobre uma ponte do ramal que dá acesso à Vila Socorro, à empresa e à própria aldeia. Já no fim da manhã, eles teriam liberado a estrada, mas teriam levado para dentro da aldeia os funcionários da Biovale e os veículos que eles ocupavam - quatro caminhonetes, dois tratores e uma caçamba.


Segundo Juliana Duarte, técnica da Funai, a principal queixa dos indígenas é relativa à poluição da água da região pelos agrotóxicos utilizados pela empresa na plantação. Outra situação denunciada é o avanço da plantação sobre os limites da reserva.


A técnica também explicou que essa não é a primeira vez que os índios reclamam dos danos e pedem compensação pelos impactos ambientais. "Eles já haviam enviado documentos à empresa, relatando os danos e pedindo a resolução do problema, mas até agora não obtiveram resposta", explica Juliana Duarte.


A Funai está negociando a liberação dos reféns.


Mais informações em instantes.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS