Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
ANANINDEUA

Campanha distribuirá alimentos no Dia das Mães

A campanha “Amor para Compartilhar” será realizada até o próximo dia 09 de maio e beneficiará duas instituições de caridade da Grande Belém

segunda-feira, 03/05/2021, 19:15 - Atualizado em 03/05/2021, 19:15 - Autor: Com informações da assessoria


Imagem ilustrativa da notícia Campanha distribuirá alimentos no Dia das Mães
| Reprodução

A pandemia de covid-19 tem sido um sério problema, não só para a saúde, mas para diversos outros âmbitos da vida social. Suas sequelas vão além do adoecimento coletivo, da superlotação do sistema de saúde e do alto índice de mortes, causando também o desemprego, que se desdobra em outras dificuldades, aumentando as carências já enfrentadas diariamente pelas famílias brasileiras.

Entre as grandes vítimas desses efeitos da pandemia estão as mulheres. Quase metade dos lares brasileiros são sustentado por elas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas, desde o início da pandemia, no ano passado, o Brasil registrou 8,5 milhões de mulheres a menos na força de trabalho, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com dados colhidos na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad Contínua).

Além disso, segundo a pesquisa “Sem parar: o trabalho e vida das mulheres na pandemia”, produzida pela Hub Gênero e Número, em parceria com a SempreViva Organização Feminista, realizada entre abril e maio de 2020, 40% das mulheres afirmaram que a pandemia e a situação de isolamento social colocaram a sustentação da casa em risco.

Essa situação ilustra bem a realidade vivenciada por Eliete Silva, 30, moradora do bairro da Cabanagem em Belém. Auxiliar de cozinha, mãe de 2 filhos biológicos e de outros 2 do seu atual marido, ela conta que, desde o ano passado, vem enfrentando dificuldades redobradas em razão da pandemia.

“Foi horrível, porque tive covid ano passado. A minha família toda teve e ficou bem ruim em termos financeiros. Graças a Deus, ninguém próximo morreu, mas foi muito difícil. Eu fui demitida ano passado e logo em seguida a empresa em que eu trabalhava fechou, veio à falência, e eu estou desempregada até o momento”, ela explica.

Eliete representa uma das famílias assistidas pelo Centro Social da Criança e do Adolescente Santa Edwiges, que oferece atendimento sociopedagógicos a crianças, adolescentes, jovens e suas famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, em especial moradores da área da Grande Cabanagem, em Belém.

“Meus filhos frequentam o Centro desde criança, começaram com o letramento. A minha filha já fez artesanato, curso de panificação, o que despertou nela o interesse por essa área da confeitaria. O meu filho entrou na musicalização, aprendendo instrumento. Graças a Deus e ao Centro, eles são adolescentes maravilhosos!”, conta Eliete.

Com o Dia das Mães se aproximando, Eliete comenta que ela não deseja ganhar perfume, produtos de beleza ou qualquer outro presente do tipo. O melhor presente que poderia receber, segundo ela, seria em relação ao sustento da sua família. “Assim, toda mulher gosta de andar bonita, cheirosa e coisa e tal, mas estamos em pandemia. Então, entre o alimento, a saúde e a beleza, eu prefiro a saúde e o alimento”, afirma.

Felizmente, o Centro Social Santa Edwiges que assiste Eliete e sua família é uma das instituições contempladas pela Campanha "Amor para compartilhar", realizada pelo Shopping Metrópole Ananindeua, que está promovendo a doação de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social.

Segundo o gerente de marketing do shopping, Marcelo Reuters, a campanha é uma forma de resgatar o sentido de cuidado e amor ao próximo que faz parte do Dia das Mães, levando em conta as dificuldades impostas pela pandemia que centenas de pessoas vêm enfrentando nos últimos tempos.

“Há menos de 1 mês, o shopping se encontrava em lockdown e ninguém poderia prever como estaria a situação em maio, mas a gente já sabia de uma coisa: diante de todo o sofrimento causado pela covid-19, não seria possível realizar uma campanha de Dia das Mães sem contemplar uma parte do grande número de pessoas que mais tem sofrido as consequências da pandemia. A campanha ‘Amor para Compartilhar’, do Shopping Metrópole, é uma iniciativa que celebra o espírito do verdadeiro amor de mãe: o cuidado que sempre se estende a quem mais precisa", comenta.

A atual presidente do Centro Social Santa Edwiges, Adriana Araújo, afirma que a Campanha veio em boa hora. "Estamos muito felizes em poder participar da campanha 'Amor para Compartilhar'. Sabemos que, nesse período, o que mais preocupa as mães é justamente a falta de alimentação para suas famílias. Hoje, atendemos cerca de 70 famílias e, quando fizemos uma pesquisa para saber o que elas gostariam de receber, o que mais elas estavam precisando, mais de 70% delas responderam cesta básica. E vimos nesse momento a esperança de poder ajudar várias famílias de uma comunidade carente. Só temos a agradecer ao parceiro Shopping Metrópole pela colaboração nesse momento tão difícil".

Além do Centro Social Santa Edwiges, a campanha também contempla o Instituto Cidadão do Pará (ICP), associação de defesa dos direitos sociais de pessoas em situação de vulnerabilidade, que atua, entre outras coisas, por meio da distribuição de alimentos a pessoas carentes, do amparo de crianças, adolescentes e idosos em situação de risco.

Segundo o atual presidente do ICP, Walcircley Alcântara, essa é uma parceria muito importante, principalmente na pandemia: "Muitas pessoas vêm sendo atingidas pela fome. Entre os nossos atendimentos, uma das grandes necessidades tem sido de alimento. Muitas pessoas ficaram desempregadas, perderam a saúde e estão passando muita vulnerabilidade social. A nossa expectativa é que a campanha venha a contribuir de maneira muito positiva e abençoada para todas as mães e todas as famílias. Em nome do Instituto, posso dizer que estamos muito agradecidos a Deus pela preocupação que o Shopping Metrópole está tendo com a nossa população de Ananindeua. Isso é solidariedade. Em um momento que precisamos de tanta empatia, é isso que estamos recebendo".

O Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) de Ananindeua, ligado ao programa "Ananin Solidária", criado pela médica e primeira-dama do município, Alessandra Haber, também está entre as instituições beneficiadas pela campanha. O programa visa garantir a segurança alimentar dos munícipes por meio da distribuição de cestas básicas montadas a partir de doações voluntárias, sem fazer uso de dinheiro público, ajudando pessoas que estão vivendo em situação de extrema pobreza.

"O programa Ananin Solidária é vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (SEMCAT) e começou quando passamos a solicitar que cada pessoas que fosse se vacinar contra a covid e tivesse condições, doasse 1kg de alimento não perecível", explica a primeira-dama. "E, graças a Deus, nós conseguimos essa parceria agora com o Shopping Metrópole, para arrecadar um número maior de alimentos e poder alcançar mais pessoas, entre as famílias em vulnerabilidade social cadastradas na Secretaria. É um ato de solidariedade e amor, em meio a um momento tão difícil, principalmente depois de abril ter sido o mês mais letal, no Brasil, com maior número de mortes causada pela covid-19. Mas acreditamos que, através da união, vamos conseguir vencer. Nosso lema é 'juntos somos mais fortes'", comenta Alessandra.

A campanha “Amor para Compartilhar” funciona da seguinte maneira: até dia 09 de maio, consumidores que acumularem R$200 em compras têm direito a 1 cupom para concorrer a 20 vales-compra no valor de R$1.000 (mil reais). A cada cupom concorrendo ao sorteio, o Shopping Metrópole Ananindeua vai doar 1kg de alimento às instituições de proteção social participantes.

Se, além da compra, no momento de adquirir o cupom, o consumidor doar 1kg de alimento, além de receber cupom em dobro para concorrer ao prêmio, aumentando as chances de ganhar, ele também colabora com a corrente do bem promovida pela campanha.

A iniciativa segue até o próximo domingo (09), Dia das Mães. Na semana inicial, o posto de troca dos cupons funciona das 13h às 19h, localizado no piso L2, próximo ao acesso do shopping pela BR. Ao longo da campanha o horário do posto de troca será estendido.

O sorteio dos 20 vales-compra será na segunda-feira (10), e a entrega das doações será feita pelo Shopping Metrópole, nos dias 11, 12 e 13 de maio.

SERVIÇO

Campanha "Dia das Mães

Shopping Metrópole: Amor para compartilhar"

Período: até dia 09/05

Horário do Posto de Trocas: inicialmente das 13h às 19h

Local: Shopping Metrópole Ananindeua – Rodovia BR-316, Km 4, 4500 – Coqueiro (PA)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS