Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
LOTAÇÃO

Vídeos: PM fecha bar com aglomeração no Reduto

Casa noturna descumpria protocolos sanitários, diz Segup

domingo, 25/04/2021, 00:03 - Atualizado em 25/04/2021, 00:05 - Autor: DOL


Segup diz que  estabelecimento "descumpria com as medidas de prevenção em combate à Covid-19
Segup diz que estabelecimento "descumpria com as medidas de prevenção em combate à Covid-19 | Divulgação/Segup

Com a mudança de bandeiramento na Região Metropolitana de Belém  que passou de vermelho para laranja, na última quinta-feira (23)  restaurantes foram autorizados a funcionar até a meia-noite. Em bandeira laranja, o decreto estadual que regula o funcionamento das atividades econômicas prevê "a flexibilização de alguns setores econômicos e sociais, desde que mediante o cumprimento dos protocolos", tais como distanciamento social, obrigatoriedade do uso de máscaras e fornecimento de álcool em gel.

Na noite deste sábado (24), policiais militares e outros agentes de segurança pública fecharam o bar Vitrine Lounge, localizado na travessa Quintino Bocaiúva, no bairro do Reduto, em Belém. Imagens obtidas pelo DOL mostram uma festa no local, com dezenas de pessoas, sem qualquer distanciamento, muitas sem máscaras.

 

Vídeo mostra policiais entrando no bar Divulgação
 

 

Nas redes sociais, Luciano Balda, proprietário da casa noturna, protestou: "Hoje eu percebi que eu sou bandido, que o bandido é empresário. Nunca vi na minha vida, o empresário virou vagabundo e o vagabundo virou empresário".

 

Proprietário reclama de operação: "o empresário virou bandido" Reprodução - Instagram
 

A Secretaria de Segurança Pública (Segup) informou que o estabelecimento "descumpria com as medidas de prevenção em combate à Covid-19". O bar foi fechado e os donos multados. A reportagem do DOL tentou contato com Luciano Balda, mas não houve retorno.

 

Vídeo mostra aglomeração em casa noturna Divulgação
 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS