Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
ALERTA!

Parque do Utinga reabre, mas visitantes devem ter cuidados

Apesar da liberação, fique atento: “caso alguém infectado tenha realizado corrida em um determinado espaço, e em seguida uma pessoa saudável passe no mesmo local, esta poderá ser acometida pelo vírus ainda suspenso no ar. Por isso, é fundamental que, mesmo em áreas abertas, o distanciamento adequado seja mantido e a máscara seja utilizada”, reforçou o médico infectologista Lourival Marsola.

sábado, 24/04/2021, 08:11 - Atualizado em 24/04/2021, 12:07 - Autor: Agência Pará


Imagem ilustrativa da notícia Parque do Utinga reabre, mas visitantes devem ter cuidados
| Bruno Cecim/Agência Pará

A partir deste sábado (24), o Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna, em Belém, retornará suas atividades dentro do horário de funcionamento habitual: todos os dias da semana, das 6h às 17h, com exceção das terças-feiras, quando o espaço fecha para manutenção. A normalização do funcionamento se deve à mudança no bandeiramento de vermelho para laranja na Região Metropolitana de Belém, anunciado pelo Governo do Pará na última quinta-feira (22).

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado (Ideflor-Bio) e a Organização Social Pará 2000 administram em conjunto o Parque Estadual do Utinga. A presidente do Instituto, Karla Bengtson, explicou que serão mantidas as medidas preventivas à Covid-19, para que o espaço seja utilizado com segurança. Ela destacou a importância do uso de máscara e de álcool em gel, medição de temperatura ao entrar no Parque e o distanciamento necessário.

"Temos no Parque cartazes com as orientações devidas para a prevenção da Covid-19, e contagem de acesso do número de visitantes, podendo agregar até 50% da capacidade”, informou Karla Bengtson. "Peço a compreensão de toda população para a necessidade de cumprimento do Decreto n° 800, visando à segurança de todos", reiterou.

ORIENTAÇÃO

O gerente do Parque do Utinga, Ivan Santos, ressaltou que o pico de aglomeração na área externa ocorre somente pela manhã, entre 8 e 11 horas. Por isso, ele pede às pessoas que visitem a área ambiental em horários diferentes do período de maior procura, quando o fluxo é bem menor.

“Sabemos do apego do público pelo local, principalmente aqueles que costumam realizar atividades esportivas dentro do Parque. Porém, pedimos cautela nesse momento de retorno. A pandemia não acabou, e ainda é necessário e fundamental que todos tenham ciência dos riscos para o caso de desobediência aos protocolos de enfrentamento à Covid-19”, destacou Edelber Santos, gerente Operacional do Parque do Utinga.

RISCOS

O médico infectologista Lourival Marsola reiterou os cuidados necessários que precisam ser mantidos pela população, mesmo em um espaço aberto. “Neste período de pandemia da Covid-19 muitas pessoas creem que espaços de contato direto com a natureza têm baixo risco de contágio. Mas existem alguns fatores relacionados ao vírus, o Sars-CoV-2, que é o causador da Covid-19, que em áreas abertas podem até mesmo facilitar a transmissão”, alertou o infectologista.

Sobre a necessidade das medidas restritivas no Parque, o especialista explicou que “atividades como correr e pedalar, que intensificam a queima calórica, aumentam a eliminação de gotículas, e nelas podem estar presentes alguns vírus, inclusive o coronavírus”. Ele acrescentou que, “uma vez que estão consumindo mais oxigênio, precisam respirar mais rápido, e consequentemente exalam mais gotículas, as quais costumeiramente não podem ser vistas a olho nu”.

Ele também enfatizou a importância de cada um fazer a sua parte. “O momento exige o cuidado de todos, seja por aqueles que amamos ou mesmo por quem nem conhecemos. Somente com a atuação de todos, em prol de todos, é que vamos conseguir vencer a pandemia”, destacou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS