Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
OCUPAÇÃO DE LEITOS

Pará passa da zona de alerta crítico para a zona intermediária em série da Fiocruz

Por outro lado, houve crescimento do indicador em quase todos estados e no Distrito Federal.

terça-feira, 09/03/2021, 20:55 - Atualizado em 09/03/2021, 21:20 - Autor: Redação


Imagem ilustrativa da notícia Pará passa da zona de alerta crítico para a zona intermediária em série da Fiocruz
| Wagner Allmeida/Diário do Pará

As medidas de prevenção ao avanço do covid-19 estão surtindo efeito no Pará. Segundo dados divulgados pelo Observatório Fiocruz Covid-19 nesta terça-feira (9), o Estado passou da zona de alerta crítica para a zona intermediária na última semana, com a queda do indicador de 82% para 75%, sendo a única unidade federativa que apresentou a evolução.

Os pesquisadores do observatório levam em consideração a atualização da série histórica de ocupação de leitos de UTI Covid 19 para adultos no SUS, com dados obtidos em 8 de março de 2021.

Por outro lado, de acordo com os pesquisadores, houve crescimento do indicador em quase todos estados e no Distrito Federal, além de entrada na zona crítica dos estados de São Paulo e de Sergipe.

25 das 27 capitais do país estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos em alerta crítico: Porto Velho (100%), Rio Branco (99%), Manaus (87%), Boa Vista (80%), Macapá (90%), Palmas (95%), São Luís (94%), Teresina (98%), Fortaleza (96%), Natal (96%), João Pessoa (87%), Recife (85%), Aracajú (86%), Salvador (85%), Belo Horizonte (85%), Vitória (80%), Rio de Janeiro (93%), São Paulo (82%), Curitiba (96%), Florianópolis (97%), Porto Alegre (102%), Campo Grande (106%), Cuiabá (96%), Goiânia (98%) e Brasília (97%). As outras duas capitais estão com taxas superiores a 70%: Belém (75%) e Maceió (73%).

 Veja:


NOVAS MEDIDAS 

governador do Pará, Helder Barbalho, anunciou no início da noite desta terça-feira (9) as novas medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19 em todo o território paraense.

As medidas do decreto vigente permanecem, mas com alterações pontuais, afetando, entre outras questões, a circulação de pessoas, o funcionamento de shoppings, academias e o comércio.

A atualização do novo decreto vale a partir desta quarta-feira (10) e segue pelos próximos sete dias.

Confira abaixo o que muda:

- Novo toque de recolher proíbe a circulação de pessoas no período de 21h às 5h (do dia seguinte)

- Shoppings centers deverão funcionar no horário de 11h às 19h

- Academias e cinemas estão proibidos de funcionar

- O comércio de rua passa a funcionar agora no horário de 10h às 17h

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS