Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
ELAS FAZEM A DIFERENÇA

Mulheres são a maioria no enfrentamento da Covid-19 no Hospital Regional do Baixo Amazonas

As mulheres que atuam na área da saúde mostraram coragem e fizeram a diferença no tratamento de pacientes com a Covid-19

domingo, 07/03/2021, 08:45 - Atualizado em 07/03/2021, 08:44 - Autor: Com informações da assessoria


Imagem ilustrativa da notícia Mulheres são a maioria no enfrentamento da Covid-19 no Hospital Regional do Baixo Amazonas
| Reprodução

Em uma época em que o medo tomou conta da sociedade no enfrentamento de uma das doenças mais letais do último século, as mulheres que atuam na área da saúde mostraram coragem e fizeram a diferença no tratamento de pacientes com a Covid-19.

No Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), referência no tratamento de casos de coronavírus no Oeste do Pará, dos 245 profissionais que prestam assistência direta aos pacientes da Covid-19, 185 são mulheres. Na unidade, mantida pelo Governo do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde, as mulheres representam 75% do efetivo na linha de frente ao tratamento do novo coronavírus.

Com seis anos de atuação no HRBA, Nádila Castro é técnica de Enfermagem com atuação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI Adulto). A profissional destaca a superação pessoal na profissão neste último ano de pandemia.

“São muitas horas de trabalho com pacientes em situação muito delicada. A pandemia mudou a rotina das UTIs, pois são pacientes que precisam de uma atenção maior, pela mudança constante de posição. Me considero uma mulher guerreira e forte pela superação física e emocional de todos os dias poder ajudar a salvar vidas. Somos exemplos de garra”, conta.

Na gestão hospitalar elas também são a maioria, ocupando 80% dos cargos, entre eles: gerência, supervisão, coordenação, encarregadas e direção.

“Neste momento tão difícil demonstramos nossa coragem no enfrentamento à pandemia e o quanto somos fortes. Estamos presentes no cuidar de cada paciente atendido em nossa unidade, somos a maioria, o que representa a excelência do trabalho prestado à população”, comenta Francilene Veloso, diretora Assistencial, .

De acordo com a enfermeira Ilticiana Martins, que atua na supervisão da UTI Adulto, conduzir uma equipe na missão tão importante de salvar vidas também envolve a crença na missão assistencial.

“Embora seja um momento triste, doloroso e cansativo, a pandemia veio para nos fortalecer em todos os sentidos. A maneira como encaramos tudo com fé, força e cuidado, faz a diferença na assistência ao paciente”, explica.

O HRBA é referência em tratamento da Covid-19 para uma população estimada em mais de 1,3 milhão de pessoas, residentes em 30 municípios. A unidade está entre os melhores hospitais públicos do Brasil.

Com atendimento 100% SUS (Sistema Único de Saúde), a unidade faz parte de um seleto grupo no Brasil – há seis anos consecutivos – que detém o certificado ONA 3 - Acreditado com Excelência.

Com o tema “No ano em que a pandemia assustou o mundo, Elas fizeram a diferença”, a Pró-Saúde lançou nesta semana sua campanha para o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março. A entidade filantrópica possui mais de 50 anos de atuação na gestão de serviços de saúde do País, presente em diversos municípios.  

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS