Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
CRUELDADE

Mulher é resgatada após ser estuprada pelos tios e ser mantida em cárcere privado por 13 anos no Pará

Os tios também ocultaram o cadáver de uma das crianças que tiveram com a vítima.

sexta-feira, 05/03/2021, 10:42 - Atualizado em 05/03/2021, 10:41 - Autor: Diario Online


Carlos Alberto Travassos de Oliveira e Francisco Travassos de Oliveira já estão presos.
Carlos Alberto Travassos de Oliveira e Francisco Travassos de Oliveira já estão presos. | Reprodução

Na última quarta-feira (03), a Polícia Civil e Militar de São Miguel do Guamá prendeu dois homens acusados de manterem uma mulher cárcere privado por 13 anos.

A prisão ocorreu na agrovila São Pedro do Crauateua, na cidade do nordeste paraense. Além de ter sua liberdade privada, a vítima também era abusada por dois homens, identificados como seus tios.

Após a série de estupros, ela engravidou três vezes, mas um filho acabou morrendo. Os tios teriam enterrado o corpo do bebê ali mesmo no sítio, o que se configura como ocultação de cadáver. Outro filho estaria morando em Castanhal e já teria 13 anos.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi encontrada em um cômodo da casa. No local foi encontrado uma espingarda.

Os acusados, identificados como Carlos Alberto Travassos de Oliveira e Francisco Travassos de Oliveira, foram presos e levados para a Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) de São Miguel do Guamá para os procedimentos cabíveis.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS