Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
CONCLUSÃO DO INQUÉRITO

Artistas exigem justiça pela morte de testemunha da chacina Pau D´Arco; assista!

Fernando Santos, morto em janeiro, era sobrevivente e principal testemunha do massacre de Pau D’Arco, realizado por policiais civis e militares

quinta-feira, 04/03/2021, 08:50 - Atualizado em 04/03/2021, 08:50 - Autor: Com informações portal comunique-se


O objetivo é chamar atenção para o descumprimento do prazo legal de 30 dias para a conclusão do inquérito policial, que deveria ter sido concluído no dia 26 de fevereiro deste ano.
O objetivo é chamar atenção para o descumprimento do prazo legal de 30 dias para a conclusão do inquérito policial, que deveria ter sido concluído no dia 26 de fevereiro deste ano. | Reprodução

Um vídeo de grupo de artistas que defendem os direitos humanos foi publicado na quarta-feira (3), onde exigem e cobram das autoridades públicas respostas sobre recente o assassinato de Fernando Santos, principal testemunha do massacre de Pau D´Arco, no sudeste paraense. 

A chacina aconteceu em maio de 2017, e vitimou 10 trabalhadores rurais posseiros. Dentre os acusados pelo Ministério Público há 17 policiais, entre civis e militares, que atuavam e continuam atuando na região.

Fernando Santos foi assassinado com um tiro na nuca, no dia 26 de janeiro deste ano. Antes de ser morto, ele informou que estava recebendo recados e ameaças de policiais militares acusados do massacre. Todos os policiais denunciados na chacina aguardam julgamento em liberdade e ainda estão na ativa, alguns inclusive atuando na região do crime, enquanto o processo aguarda análise de recursos. 

Como forma de dar visibilidade ao caso e pressionar as autoridades pelo cumprimento de prazos de inquérito, alguns dos principais movimentos de campesinos realizaram o vídeo com a participação de artistas que integram o Movimento Humanos Direitos (MHuD), incluindo as atrizes Bete Mendes, Cristina Pereira, Virgínia Berriel e Dira Paes, e os atores Osmar Prado, Eduardo Tornaghi, Gilberto Miranda e Leonardo Vieira, além do cantor Marquinho de Oswaldo Cruz.

O vídeo, com 5 minutos de duração, foi construído com base em imagens de arquivo, a maioria da organização Repórter Brasil, que preparava um documentário sobre a chacina de Pau D’Arco quando aconteceu o assassinato de Fernando.

O objetivo é chamar atenção para o descumprimento do prazo legal de 30 dias para a conclusão do inquérito policial, que deveria ter sido concluído no dia 26 de fevereiro deste ano. Além de denunciar o fato de que os acusados pela chacina aguardam o julgamento em liberdade, sem terem sido afastados dos cargos, enquanto testemunhas relatam ameaças constantes.

Além do MHuD, assinam a peça a Comissão Pastoral da Terra – CPT, a Articulação Nacional de Agroecologia – ANA, a Rede Social de Justiça e Direitos Humanos, a Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – Fase, o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – MST e a Central Única dos Trabalhadores – CUT. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS