Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
RECONHECIMENTO

Emocionado, Edmilson diz que atitudes de Helder estão corretas e são ousadas

O prefeito de Belém chamou atenção para as mais recentes ações tomadas pelo chefe do Executivo estadual na tentativa de combater o avanço da Covid-19 no território paraense.

terça-feira, 02/03/2021, 23:27 - Atualizado em 03/03/2021, 00:00 - Autor: Fernanda Palheta


Imagem ilustrativa da notícia Emocionado, Edmilson diz que atitudes de Helder estão corretas e são ousadas
| Reprodução

Durante coletiva na noite desta terça-feira (2) com o governador Helder Barbalho e demais prefeitos que integram a Região Metropolitana de Belém (RMB) para tratar sobre as novas medidas implantadas em todo o território paraense, o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, chamou atenção para as mais recentes ações tomadas pelo chefe do Executivo estadual.

“Eu queria parabenizar o governador e demais colegas prefeitos porque aqui é preciso ter coragem. Não há lugar para covardes em um momento como esse. Ou decidimos o que é certo ou fazemos de conta que não está acontecendo e daqui a pouco veremos irmãos nossos morrendo, sem que possamos atender”, disparou Edmilson.

“Essa decisão do governador é correta e demonstra uma visão baseada na ciência e na técnica, de criar realmente um bloqueio na Região Metropolitana. E isso foi uma sabedoria ousada quando agravou [a pandemia], no Baixo Amazonas”, complementou o gestor municipal, fazendo referência à situação de calamidade pública enfrentada na região e na Calha Norte, que foram submetidas ao lockdown no mês passado diante da explosão de novos casos da Covid-19.

"Era necessário criar um bloqueio. Deu certo! Quem viu as manchetes com centenas de pessoas querendo leito, hoje reverteu-se esse quadro no Baixo Amazonas e eu creio que aqui na Região Metropolitana está dando exemplo. Eu queria agradecer a solidariedade de todos, especialmente a coragem e a ousadia do governador de ter essa sensibilidade social", concluiu.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS