Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
SITUAÇÃO ESTÁ MAIS GRAVE

Governo do Pará anunciará novas medidas para tentar conter covid-19

Helder Barbalho e Edmilson Rodrigues reuniram-se nesta segunda-feira para definirem medidas.

segunda-feira, 01/03/2021, 19:57 - Atualizado em 01/03/2021, 22:51 - Autor: Igor Reis


Imagem ilustrativa da notícia Governo do Pará anunciará novas medidas para tentar conter covid-19
| Reprodução / Twitter

Em meio ao avanço da covid-19 no Estado, líderes do governo do Pará e da prefeitura de Belém reuniram-se na tarde desta segunda-feira (1º), para definir novas medidas de segurança e evitar o eminente colapso dos sistemas de saúde estadual e municipal.

As medidas restritivas serão anunciadas amanhã (2) por Helder Barbalho, Edmilson Rodrigues, além de outros prefeitos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI na capital chegou a 77,7% na grande Belém, um índice bastante elevado.

Também na terça, o governador do Pará deverá se reunir com representantes da embaixada da Rússia no Brasil. O objetivo é tratar da compra de doses da vacina Sputnik V. Uma das primeiras a serem criadas na pandemia, a vacina russa possui uma das mais altas taxas de eficácia.

Após o retorno de Helder a Belém, haverá uma reunião entre líderes do governo e de prefeituras, incluindo a de Belém, onde serão anunciadas as novas medidas.

“Muita tristeza com a situação que vivemos. Os limites dos hospitais que estão chegando ao fim, a capacidade do SUS de resolver o problema já está no limite, o número de crianças e adolescentes internados que aumentou com essa nova cepa. Amanhã voltarei a reunir com o governador e outros prefeitos, para anunciarmos medidas necessárias para enfrentar esse momento difícil que está entristecendo o Brasil e colocando cidades e capitais num estágio bastante perigoso a ponto de não ter mais leitos para atender pessoas”, disse Edmilson Rodrigues em transmissão ao vivo nas redes sociais na noite desta segunda.  

Segundo o prefeito de Belém, a possível compra da vacina russa pode ser a chave para conter o avanço da doença, que já matou pelo menos 8.591 pessoas em todo Estado, a maioria na capital. A situação é grave e pode piorar. Já no início do mês de fevereiro, cerca de 96% dos leitos de UTI na grande Belém estavam ocupados. Além das novas medidas, a chegada de mais vacinas é a única solução para combater a situação.

“Essa vacina russa é mais barata e eficaz. O objetivo da viagem do governador é ver a possibilidade da compra dessa vacina, que alcança quase 100% de eficácia. Essa vacina pode ajudar muito no combate a essa pandemia. Amanhã voltaremos a nos reunir com governador e outros prefeitos, para anunciarmos medidas necessárias para enfrentar esse momento difícil, que está entristecendo o Brasil e colocando cidades e capitais num estágio bastante perigoso, a ponto de não ter mais leitos para atender pessoas”, disse o prefeito da capital.

As novas medidas serão anunciadas a partir das 17h desta terça, em transmissão ao vivo pelo site da Agência Pará, TV Cultura e pelas redes oficiais do governo do Estado e da Sespa. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS