Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
ESPERANÇA

Governo do Estado negocia aquisição da vacina russa Sputnik 

O governador Helder Barbalho anunciou que irá amanhã à Brasília para visitar laboratório e conversar com embaixada para adquirir doses ao Pará

segunda-feira, 01/03/2021, 07:30 - Atualizado em 01/03/2021, 08:03 - Autor: Ag. Pará


Helder afirmou que o Estado destinou fundos específicos para adquirir até 3 milhões de vacinas
Helder afirmou que o Estado destinou fundos específicos para adquirir até 3 milhões de vacinas | Marco Santos /Ag. Pará

O governador Helder Barbalho negocia a aquisição de doses da vacina russa utilizada na prevenção da Covid-19. A informação foi divulgada neste domingo (28) em um vídeo postado pelo governador nas redes sociais. A Sputnik V é produzida no Brasil pela farmacêutica União Química.

Helder e outros chefes de Estado participarão, nesta semana, de uma reunião sobre o assunto em Brasília. “Na próxima terça-feira estarei em Brasília junto com diversos governadores. Vamos visitar o laboratório União Química, responsável pela produção da vacina Sputnik-V. A unidade no Brasil é habilitada junto ao laboratório russo Gamaleya. A intenção é dialogar, inclusive com a embaixada russa, para aquisição do imunizante para ampliar a vacinação em todo nosso Estado”, anunciou Helder Barbalho.

O governador paraense também afirmou no vídeo que a gestão estadual destinou fundos específicos para aquisição de imunizantes. “Já possuímos recursos garantidos para aquisição de até 3 milhões de vacinas para ampliar fortemente a cobertura no entorno do nosso Estado”, detalhou. Sobre os avanços para contiparaense, Helder afirmou ainda que, nesta semana, o Pará deve receber mais uma remessa de vacinas. Os imunizantes serão encaminhados aos municípios para ampliar a vacinação.

“Também quero anunciar que na quarta-feira deve chegar um importante lote de vacinas do Ministério da Saúde para que nós possamos ampliar cada vez mais a vacinação, e claro, os municípios possam cada vez mais rápido possível imunizar a nossa gente”, informou Barbalho.

Até agora, o Pará já recebeu cinco remessas de vacinas contra o novo coronavírus, totalizando 414.040 doses enviadas pelo MS ao Estado. O Estado é, atualmente, o 9º que mais vacina contra a Covid-19 no país, de acordo com dados divulgados neste final de semana pelo consórcio de veículos de imprensa. O Pará deve receber 1,5 milhão de doses de imunizantes contra a Covid-19 até o dia 30 de março.

Balanço

No balanço divulgado na noite de ontem (28), a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) confirmou mais 112 novos casos e 2 óbitos cadastrados neste domingo e que ocorreram nos últimos sete dias. Em relação à subnotificação das prefeituras, foram confirmados mais 656 casos e 50 mortes ocorridas em dias anteriores. Agora são 365.411 casos e 8.643 óbitos no Pará.

Pará está entre os dez estados que mais vacinaram no Brasil contra a Covid-19

De acordo com dados levantados pelo consórcio de veículos de imprensa, que consolida números sobre a pandemia em todo o País, o Estado do Pará é a 9ª unidade federativa que mais vacinou entre os estados brasileiros contra a Covid-19 até o momento, ficando à frente de Rio Grande do Sul, que ocupa a 10ª posição. O número é proporcional as doses recebidas pelo Ministério da Saúde.

Ao todo, o Pará já executou 187.676 doses das vacinas contra o novo coronavírus, sendo 139.324 mil primeiras doses e 48.352 segundas doses. Somente nas últimas 24h mais 1.280 doses foram realizadas. Para o secretário de saúde, Rômulo Rodovalho, a vacinação é a medida mais importante contra a Covid e o governo estadual não tem medido esforços para imunizar o maior número de paraenses.

“Estávamos recebendo por parte do Ministério da Saúde um quantitativo de doses muito inferior a nossa proporção populacional e em relação aos outros Estados, após conversas com o governo federal recebemos na última remessa enviada uma quantidade maior de doses e rapidamente iniciamos toda a distribuição que já foi concluída na data de hoje para alcançar todos os 144 municípios. Apesar dessa situação, não medimos esforços para fazer chegar vacinas aos grupos prioritários. Nossa prioridade é imunizar o maior número de pessoas possíveis, pois essa é a medida mais importante para combater a pandemia”, explicou o titular da Sespa.

Na última quarta-feira (24), o Estado do Pará recebeu 98.200 mil doses de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, e com o apoio do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), vinculado à Secretaria de Segurança Pública (Segup), distribuiu até este domingo (28) aos 13° Centros Regionais de Saúde e diretamente para os municípios da região da Calha Norte e Marajó.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS