Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
ÁGUAS DE MARÇO

Mês que vem será de muita chuva e maré alta em todo o Pará

Quem mora em áreas litorâneas deve ficar atento. A previsão é da meteorologia, que indica temporais em Belém ainda no mês de fevereiro

sexta-feira, 26/02/2021, 07:40 - Atualizado em 26/02/2021, 07:39 - Autor: Alexandra Cavalcanti


Quem mora na capital deve se preparar para temporais frequentes no mês que vem
Quem mora na capital deve se preparar para temporais frequentes no mês que vem | Wagner Almeida/Diário do Pará

Para quem está achando o mês de fevereiro chuvoso, pode se preparar para mais em março. Dos 31 dias do período, pelo menos 25 serão de chuvas, mas com intensidades variadas, indo de fracas até os famosos “torós”. A informação é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) que prevê temporais em todo o estado, mas principalmente na Região Metropolitana de Belém (RMB), onde também estão previstas marés altas em áreas litorâneas, em municípios como Salinópolis e Bragança, Conceição do Araguaia, Redenção e Marabá, onde também há o risco de transbordamento do rio Itacaiunas.

Ainda em fevereiro, o Inmet ainda prevê chuva intensa no domingo (28). “A previsão para o último dia do mês de fevereiro será de bastante chuva, assim como para a primeira semana de março”, diz o coordenador do Inmet Pará, José Raimundo Abreu.

As constantes chuvas de fevereiro, inclusive, já levaram este mês a quebrar a média histórica dos últimos 30 anos que foi de 336,9 milímetros. “Devemos fechar este mês com uma média de 550 milímetros. Na região metropolitana, o volume de chuvas foi significativo, principalmente depois do dia 15, devido a fenômenos meteorológicos. Temos visto nos últimos dias que o sol tem aparecido entre nuvens no horário da manhã e que as chuvas na parte da tarde e noite têm diminuído. Para os dias 26 e 27 não estão previstas chuvas importantes, mas no dia 28, a previsão é de bastante chuva”, completa.

TEMPERATURAS

Mas não é apenas a RMB que irá enfrentar o período chuvoso previsto para março. “Vamos ter bastante chuva também no litoral, região de Salinas, Bragança, Marudá, Curuçá, São Caetano de Odivelas, Santo Antônio do Tauá, Vigia, região nordeste como um todo, oeste, sul e sudeste, ou seja, o Pará como um todo terá um mês de março bastante chuvoso, principalmente na primeira semana, se atenuando um pouco na segunda”, detalha.

As chuvas deste mês têm deixado as temperaturas um pouco mais amenas em relação a outras épocas do ano, quando o calor é mais intenso. “Entre os dias 23 a 25, por exemplo, a formação de nuvens carregadas não permitiu que a radiação do sol passasse, o que acarretou em máximas mais baixas do que o normal que é de 31 a 33 graus. Nesses dias tivemos máximas de 29 a 31 graus chegando até a 26”, afirma.

As mínimas também tiveram uma queda ficando entre 23 e 25 graus ao invés de 24 e 25 graus, que costumam ser mais comuns. “Tivemos dias em que o horário das mínimas, entre 5h e 6h, se estenderam ao longo da manhã. E ainda contamos com a ação dos ventos que costumam deixar a sensação térmica mais baixa. Isso também deve se repetir em março”, explica.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS