Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
BRAGANÇA

Liceu recebe instrumentos por meio de emenda do senador Jader

Localizado no município de Bragança, o Liceu de Música do Pará está recebendo novos equipamentos e instrumentos musicais graças a uma emenda parlamentar feita por Jader Barbalho

domingo, 21/02/2021, 08:23 - Atualizado em 21/02/2021, 08:23 - Autor: Luiza Mello/De Brasília


A Uepa foi fundada, em 1993, pelo então governador Jader Barbalho
A Uepa foi fundada, em 1993, pelo então governador Jader Barbalho | Divulgação

A criação do Liceu de Música do Pará, que funciona em um prédio histórico no município de Bragança, abre as portas para milhares de jovens que sonham com uma carreira musical. Administrado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa), o conservatório cumpre sua missão de promover a inclusão social de crianças e adolescentes, com a oferta de cursos para os instrumentos musicais.

Tratado como prioridade pelo Governo do Estado do Pará, o Liceu está recebendo novos equipamentos e instrumentos musicais para a prática dos alunos, sobretudo aqueles que ainda não conseguiram adquirir seu próprio instrumento, graças a uma emenda parlamentar feita pelo senador Jader Barbalho (MDB), no valor total de R$ 540.454,00.

“O paraense tem a musicalidade no sangue. Temos talentos natos. A qualidade e diversidade dos ritmos regionais é única e criar incentivo é fundamental. Confesso meu entusiasmo ao tomar conhecimento de que teremos, além dos cursos livres ofertados, a oportunidade de obter a licenciatura em Música no Liceu em Bragança, que recebeu nosso total apoio para adquirir os instrumentos musicais necessários para o sucesso da programação educacional da instituição”, comemorou.

A Universidade do Estado do Pará, que completa em maio 28 anos de existência, foi fundada, em 1993, pelo então governador Jader Barbalho, que desde então tem apoiado a instituição de ensino, quer seja pelo apoio institucional ou por meio de emendas parlamentares.

“É muito bom saber que, graças ao formato com que foi criada na época, a Universidade do Estado do Pará tem permitido que milhares de jovens paraenses tenham acesso ao ensino superior gratuito de qualidade. E a integração com o Liceu de Música de Bragança permite a atuação, de forma importante, na missão de incluir crianças e jovens na sociedade, com a oportunidade tão graciosa de introduzir a oportunidade de abrir seus horizontes para a musicalidade”.

Jader Barbalho disse que a Uepa foi criada para que o acesso aos cursos oferecidos fosse priorizado para alunos de baixa renda e oriundos de escolas públicas, ressaltando que isso tem sido provado a cada vestibular, com a declaração de alunos aprovados de sua origem de escolas públicas de ensinos médio e fundamental.

Liceu 

O Liceu de Música do Pará está instalado na edificação da Escola Estadual Monsenhor Mâncio Ribeiro. O prédio é composto por salas com isolamento acústico, administração, cozinha e refeitório. O complexo inclui um teatro anexo com capacidade para 370 lugares e oferece estrutura de palco, equipamentos de som e de luz, assentos escalonados, bilheteria, café e loja de produtos culturais. O teatro é usado ainda para os ensaios de bandas, corais e para apresentação da marujada.

Neste ano foram ofertadas vagas de Licenciatura em Música no Campus XXI da Uepa, que tem como prédio principal o Liceu de Música, em Bragança. A pró-reitora de Graduação da Uepa, Ana da Conceição Oliveira, explicou que o curso tem início com 20 vagas. É o primeiro processo de seleção ofertado no campus de Bragança.

Em 2019 foram ofertados cursos de extensão de aperfeiçoamento em música. “Notamos um interesse muito grande de professores que já atuam nas redes estadual e municipal de conhecerem sobre música e como ela pode auxiliar no desenvolvimento de atividades nos diversos níveis de ensino. Ainda houve muito interesse na parte de canto em grupo e de percussão em bandas marciais e fanfarras”, explica Cláudio Trindade, coordenador do campus, em Bragança.

Os Cursos Livres de Música oferecem opções para Canto Coral, Teoria Musical, Flauta Doce e Violão.

Atuação

O campo de atuação do músico profissional é amplo. Pode atuar em óperas, recitais, realizar preparação vocal de corais, criar partituras musicais, trilha sonoras para filmes, lecionar, tocar instrumento como solista, desenvolver pesquisa acadêmica, entre outras. Pode, também, trabalhar com criação musical.

As oportunidades de emprego para o profissional licenciado em Música são diversificadas. Se escolher pela Licenciatura, poderá dar aulas em instituições de ensino públicas ou privadas, onde o profissional encontra um mercado estável, por conta da lei de 2008, que tornou obrigatório o ensino da música nas escolas de educação básica.

Alguns músicos profissionais escolhem atuar na gestão do próprio trabalho, na produção, divulgação e distribuição de seus álbuns. Outra área de atuação é na coordenação de projetos sociais, relacionados ao ensino de música, na reabilitação de idosos ou de pessoas com problemas psicológicos, além de grupos e orquestras, pesquisa da universidade e em conservatórios e escolas livres de música.

A Uepa foi fundada, em 1993, pelo então governador Jader Barbalho
A Uepa foi fundada, em 1993, pelo então governador Jader Barbalho | Divulgação
A Uepa foi fundada, em 1993, pelo então governador Jader Barbalho | Divulgação

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS