Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
PARCERIA COM A ALCOA

Helder Barbalho anuncia chegada de Usina de Oxigênio para hospital de Juruti

Equipamento será utilizado para garantir suprimento de oxigênio no tratamento de pacientes com Covid-19

sábado, 20/02/2021, 15:39 - Atualizado em 20/02/2021, 15:39 - Autor: DOL


Imagem ilustrativa da notícia Helder Barbalho anuncia chegada de Usina de Oxigênio para hospital de Juruti
| Twitter Helder Barbalho

O governador Helder Barbalho anunciou, na tarde deste sábado (20), que uma Usina de Oxigênio acaba de chegar à cidade de Juruti, oeste paraense, para abastecer o hospital 9 de Abril e atender pacientes com Covid-19. O equipamento foi garantido por uma parceria com a empresa Alcoa.  

USINA DE OXIGÊNIO EM ORIXIMINÁ

No final do último mês de janeiro, a cidade de Oriximiná também recebeu uma Usina de Oxigênio, adquirida pela prefeitura e transportada em aeronave da Força Aérea Brasileira, após pedido do Governo do Estado do Pará. 

“Estamos monitorando a condição do Sistema de Saúde dos municípios que estão no extremo oeste do Estado, na divisa com o Amazonas, e implementando diversas estratégias, como a ampliação de leitos, oferta de cilindros de oxigênio, disponibilizamos a estrutura do Barco Papa Francisco, que já realiza atendimentos em Faro neste momento. Estamos unidos trabalhando para garantir saúde para a nossa população”, informou o governador Helder Barbalho, na ocasião. 

Ainda no final de janeiro, o governo do Estado ampliou a quantidade de leitos clínicos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) disponíveis para os pacientes com Covid-19 nas regiões do Baixo Amazonas e Tapajós.

Ao todo, são 90 UTIs e 34 leitos clínicos, divididos entre os Hospitais Regionais do Tapajós, em Itaituba (60 UTIs e 24 leitos clínicos); do Baixo Amazonas, em Santarém (20 leitos de UTI e cinco leitos clínicos); e Hospital 9 de Abril na Providência de Deus, no município de Juruti (dez novos leitos de UTI e cinco leitos clínicos).

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS