Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TRÊS PARCELAS

Auxílio da prefeitura de Belém reforça o canto de esperança de quem faz o Carnaval

Escolas de samba e blocos vão receber R$ 2,2 milhões

terça-feira, 09/02/2021, 20:40 - Atualizado em 09/02/2021, 20:39 - Autor: Com informações Agência Belém


| João Gomes/Comus

Durante uma live, na última segunda-feira (8), o projeto "Carnaval o ano todo" foi anunciado pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, acompanhado do presidente da Fundação Cultural do Município e Belém (Fumbel), Michel Pinho. O projeto irá ajudar milhares de famílias que vivem do Carnaval na capital paraense.

O edital busca fomentar a produção carnavalesca ao longo de 2021, a partir de uma subvenção destinada às escolas de samba e blocos de carnaval, no valor total de R$ 2,2 milhões. O valor será pago em três parcelas para auxiliar o desenvolvimento dos trabalhos nas agremiações ao longo deste ano. O primeiro repasse está previsto para o dia 10 de abril, segundo informações ditas no ao vivo.

Os recursos serão utilizados pelas agremiações em oficinas de formação para a valorização da cultura popular e atividades pedagógicas, envolvendo crianças, jovens e as comunidades, onde os blocos e escolas de samba estão localizados.

Fábio Moreno, intérprete da "Império do Samba Quem São Eles", acumula 20 troféus, dois acessos e uma história pra se orgulhar. “Sou a favor da paralisação do Carnaval para proteger a nossa população da pandemia, mas a tristeza é grande. Passa um filme na cabeça, bate a nostalgia da nossa representatividade e o lamento por tantos pais de família com as finanças comprometidas por conta da ausência do Carnaval”, disse.

O intérprete recebeu apenas 40% do valor que teria direito por conta do contrato anual com a agremiação. A ajuda de custo veio no final de 2020. Fábio não vive do samba, é representante comercial, mas entende que muitos carnavalescos de Belém têm na Festa o seu único sustento.

“Não temos dúvida que as nossas agremiações carnavalescas irão se fortalecer cada vez mais, recebendo o devido apoio da prefeitura, também através da Fumbel, que hoje tem gestores que são conhecedores de fato da cultura. Além do presidente Michel Pinho, tem na linha de frente dessa gestão personalidades do carnaval como Jamil Mouzinho, Cláudio Rêgo de Miranda, Jean Negrão, entre outros. O nosso Carnaval tem tudo para dar um belo salto e voltar a ser um dos maiores espetáculos do país”, aposta Fábio Moreno.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS