Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CRIME

Homens investem contra policiais militares e morrem na Grande Belém

Em Ananindeua, o suspeito teria atirado nos PMs, segundo o que eles relataram. Houve revide e ele foi morto. Já em Mosqueiro, o suspeito teria apontado a arma para os policiais, que também reagiram e o mataram

segunda-feira, 11/01/2021, 09:45 - Atualizado em 11/01/2021, 10:52 - Autor: J.R Avelar


Dois suspeitos acabaram se envolvendo em confrontos com homens da Polícia Militar e foram mortos ontem no conjunto Cidade Nova VI, em Ananindeua, e na ilha do Mosqueiro
Dois suspeitos acabaram se envolvendo em confrontos com homens da Polícia Militar e foram mortos ontem no conjunto Cidade Nova VI, em Ananindeua, e na ilha do Mosqueiro | FOTOS: DIVULGAÇÃO

Na Seccional Urbana da Cidade Nova, PMs na viatura 0614 verificavam o paradeiro de um suspeito de assalto, identificado como Lucas Winicius Ferreira dos Santos. Ele teria roubado R$1,2 mil mais um aparelho celular de um homem, na noite de sexta-feira (08). As informações constam nos registros feitos junto a Polícia Civil.

Os policiais foram à casa do suspeito, localizada no conjunto Cidade Nova VI, e, quando a cercaram, teriam sido recebidos a tiros. Revidaram e balearam Lucas. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Metropolitano,
onde acabou morrendo.

O caso foi registrado na Seccional Urbana da Cidade Nova, junto com o revólver calibre 38, com a numeração suprimida, que os PMs dizem que Lucas portava.

MOSQUEIRO

Também na manhã de ontem, durante a “Operação Visibilidade”, feita por homens do 25º Batalhão de Polícia Militar, na Ilha do Mosqueiro, os PMs encontraram algo suspeito. Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na Seccional Urbana do Mosqueiro, no momento em que o suspeito ia ser abordado, ele teria apontado uma arma para os policiais. Eles atiraram nele e o balearam.

José Iury Brito da Costa, de 26 anos, levou dois tiros. Foi socorrido até a Unidade de Saúde da Ilha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Os policiais militares envolvidos no caso apresentaram, na Seccional de Mosqueiro, a arma de fogo que garantem que estava com José. O corpo dele foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) em Belém.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS