Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

REVIDE

Suspeito que tentou atirar na ROTAM é morto em intervenção policial em Belém

Ao ser parado por guarnições da PM no bairro da Sacramenta, em Belém, Francinaldo Mendonça Cordeiro sacou uma arma e apontou em direção aos militares, que o atingiram para garantir a proteção das equipes.

segunda-feira, 04/01/2021, 10:57 - Atualizado em 04/01/2021, 11:26 - Autor: JR Avelar


O criminoso ainda foi levado para o PSM da 14, mas não resistiu aos ferimentos e morreu
O criminoso ainda foi levado para o PSM da 14, mas não resistiu aos ferimentos e morreu | FOTOs: divulgação

Uma denúncia de um cidadão a uma guarnição da Rotam de que um homem estaria cometendo vários assaltos na passagem Gastão, no bairro da Sacramenta, em Belém, terminou em intervenção policial seguida de morte do suspeito.

Por volta das 19h da última sexta-feira (1º), equipes da Rotam receberam a denúncia de um popular que não quis se identificar sobre uma sequência de assaltos na área. O denunciante deu a localização exata do suspeito e as guarnições se deslocaram até o endereço informado para averiguar o caso. Logo o suspeito foi identificado pelas suas características e ao ser feita a abordagem o homem reagiu, apontando a arma para os policiais.

Diante da ação criminosa, os militares efetuaram dois disparos de arma de fogo para cessar a tentativa de agressão, neutralizando o homem que foi identificado como Francinaldo Mendonça Cordeiro.

De imediato, a própria equipe policial prestou socorro ao suspeito alvejado, que foi encaminhado para o Pronto Socorro Mário Pinotti, no bairro do Umarizal, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Com o suspeito, as guarnições fizeram a apreensão de uma pistola ponto 40 roubada da Polícia Militar do Pará com cinco munições intactas que foi encaminhada para a Polícia Civil e o fato ganhou registro como intervenção policial de agente do Estado que teve como consequência a morte de Francinaldo Mendonça Cordeiro.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS