Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

VÍTIMA DE FEMINICÍDIO

Emoção e salva de palmas marcam traslado do corpo de Leila Arruda para Curralinho; veja vídeo

Candidata à prefeita foi morta pelo ex-marido na tarde desta quinta-feira (19)

sexta-feira, 20/11/2020, 18:41 - Atualizado em 20/11/2020, 18:41 - Autor: DOL com informações de Cácia Medeiros/RBATV


| Reprodução Facebook

O corpo da pedagoga e candidata à prefeita de Curralinho, Leila Arruda, saiu de Belém, no final da tarde desta sexta-feira (20), após uma breve cerimônia fúnebre realizada na igreja dos Capuchinhos, no bairro de São Brás, e será trasladado até Curralinho, onde será feito o velório e o sepultamento de Leila, que foi vítima de feminicídio na tarde desta quinta-feira (19). 

Suspeito de matar candidata à prefeita em Belém é preso


Leila tinha 49 anos, era filiada ao Partido dos Trabalhadores e foi fundadora e militante do movimento de mulheres empreendedoras da Amazônia (Moema). Ela foi assassinada a facadas dentro da casa dela, no conjunto residencial Bela Manoela, no bairro do Tenoné, em Belém. 

Durante a saída do corpo de Leila da igreja dos Capuchinhos, os presentes fizeram uma salva de palmas em homenagem à vítima, que tinha uma história de luta em movimentos sociais. 

Veja o vídeo da saída do corpo da pedagoga. 

Leila Arruda foi morta pelo ex-marido. Segundo familiares da vítima, o casal estava separado há pelo menos três anos, mas o homem não aceitava o fim da relação. Ele foi preso nesta quinta-feira (19), horas após cometer o crime. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS