Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DEBATE RBATV

Candidatos concluem debate com propostas e apelos; veja as considerações finais!

Edmilson Rodrigues (Psol) e Delegado Eguchi (Patriota) participaram do debate produzido pela RBATV e mediado pelo jornalista Marcio Campos

sexta-feira, 20/11/2020, 00:15 - Atualizado em 20/11/2020, 07:40 - Autor: Diário Online


O candidatos apresentaram propostas, responderam perguntas e fizeram outras com o tema livre
O candidatos apresentaram propostas, responderam perguntas e fizeram outras com o tema livre | Reprodução

O último bloco do debate para o segundo turno entre os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e Everaldo Eguchi (Patriota) foi marcado por considerações finais.

Durante o debate os candidatos apresentaram propostas, responderam perguntas, fizeram outras com o tema livre e também aproveitaram para alfinetar o passado um do outro.

Veja também:

Primeiro bloco do debate é marcado por promessas com relação ao lixo e BRT em Belém 

Segundo bloco: propostas de emprego, renda e saúde foram debatidas por candidatos


De acordo com as regras, no final do debate cada candidato teve dois minutos para fazer suas considerações finais.

O candidato Everaldo Eguchi foi o primeiro a fazer suas considerações, falou que os seus princípios básicos são "Deus, família e pátria", ressaltou que nunca teve envolvimento na política e afirmou que nenhum "grupo político que domina nossa cidade há décadas vai participar da nova gestão". "Nós vamos ter secretariado técnico, sem envolvimento político, sem indicação política. E tenho dito, aqueles que não trabalham vão procurar emprego. Aqueles que trabalham, mesmo sendo indicado político, fiquem tranquilos, vocês vão ser valorizados. A prefeitura precisa de gente correta, honesta, técnica e transparente para mudar e transformar Belém. Belém tem solução e começa com combate a corrupção. Vamos limpar essa política suja e  corrupta".


Edmilson Rodrigues também teve dois minutos para fazer suas considerações finais. "É por amor a Belém, que eu professor Edmilson há mais de 40 anos, arquiteto e urbanista, apaixonado pela cidade, pela cultura da cidade, e um conhecedor de todos os bairros e todas as feiras. Eu tenho compromisso, não com a mentira, com as aleivosias, com incitar a violência, porque não é de Deus. Quem só pensa na morte, na violência, quem advoga pra empresas, e esquece que tem crianças passando fome, que tem pais desempregados. Trabalhador nunca é vagabundo" 

Caso não tenha acompanhado, o debate pode ser visto pelo youtube. 






Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS