Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CORRIDA ELEITORAL

Pesquisa reforça 2º turno entre Edmilson e Priante em Belém 

Pesquisa do Instituto Acertar, contratada pelo DIÁRIO, aponta Edmilson Rodrigues (Psol) com 36,0% das intenções de votos válidos e José Priante em segundo, com 21,0%. Chance de segundo turno é ampliada no último levantamento antes das eleições. Bem atrás aparecem o delegado Eguchi (13,3) e Thiago Araújo (11,1%).

sábado, 14/11/2020, 20:15 - Atualizado em 14/11/2020, 20:15 - Autor: Carol Menezes


| Reprodução

De acordo com pesquisa (PA06171/2020) realizada pelo Instituto Acertar, contratada pelo DIÁRIO DO PARÁ, entre os dias 10 e 13 de novembro, os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e José Priante (MDB) seguem liderando a disputa pela Prefeitura de Belém em todos os cenários. Considerando os votos válidos, eles têm 36% e 21%, respectivamente, das intenções do eleitorado, e devem participar do segundo turno das eleições municipais 2020.

Em seguida, aparecem Delegado Eguchi (Patriota), com 13,3%; Thiago Araújo (Cidadania), com 11,1%; Cássio Andrade (PSB), com 7,2%; Vavá Martins (Republicanos), com 6,6%; Gustavo Sefer (PSD), com 3,1%; Mario Couto (PRTB) e Cleber Rabelo (PSTU) empatados com 0,6%; Guilherme Lessa (PTC), com 0,3%; e Dr. Jerônimo (PMB) e Jair Lopes (PCO) têm 0,1%. A margem de erro é de 3,5% sobre os resultados gerais, com intervalo de confiança de 95%. Foram realizadas 820 entrevistas entre os dias 10 e 13 de novembro.

Nas intenções de votos espontâneos, quando os nomes dos candidatos não são citados, Edmilson tem 25,5% e Priante vem com 12,3%. Eles são seguidos por Delegado Eguchi, com 9,4%; Thiago Araújo, com 6,6%; Cássio Andrade, com 5%; e Vavá Martins, com 4,9%. Outros nomes somaram 2,1% das citações. Votos brancos e nulos representam 9,4%, e o índice de indecisos ou que ainda não sabem em quem irão votar chega a quase 25% dos 820 entrevistados durante a coleta de dados.

ESTIMULADO

Edmilson e Priante também lideram na intenção de voto estimulado, quando os entrevistadores citam os nomes dos concorrentes: 31,1% e 18,2%, respectivamente. Depois aparecem Delegado Eguchi, com 11,5%; Thiago Araújo, com 9,6%; Cássio Andrade, com 6,2%; Vavá Martins, 5,7%; Gustavo Sefer, com 2,7%; Cleber Rabelo e Mário Couto juntos novamente com 0,5%; Guilherme Lessa, com 0,2%; Dr. Jerônimo e Jair Lopes têm 0,1%. Brancos e nulos somam 8,5%, e indecisos 5,1%. A análise mostra ainda que, nas intenções do voto estimulado, Priante foi o que mais cresceu desde o início da campanha, em setembro, de 10,1% para 18,2%, enquanto que Edmilson caiu de 39,5% para 31,1%.

AVALIAÇÕES

A pesquisa conferiu também a opinião dos eleitores sobre a condução dos governos federal, estadual e municipal. O governador do Estado, Helder Barbalho (MDB), obteve o melhor desempenho, com 73,2% de avaliações positivas e regulares, seguido pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), com 51%. O atual prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB), acumulou apenas 32,7%.

Quando o quesito é o descontentamento da população com as gestões, o cenário se inverte. Zenaldo aparece na frente, com 66% das avaliações negativas. Bolsonaro em seguida, com 47,8%, e Helder em último, com 25,2%.

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS