Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

ESCOLHA

Eleições: Muitos eleitores ainda permanecem indecisos

Muitos eleitores ainda estão indecisos sobre quem votar ou nas propostas dos candidatos

sábado, 14/11/2020, 08:13 - Atualizado em 14/11/2020, 09:03 - Autor: Suênia Cardoso


Nildo Moreira diz que ainda não decidiu em quem votar, mas se considera cansado de promessas
Nildo Moreira diz que ainda não decidiu em quem votar, mas se considera cansado de promessas | Ricardo Amanajás

Amanhã (15), os eleitores depositarão nas urnas eletrônicas seus votos em candidatos a prefeito e vereador referentes ao primeiro turno das eleições municipais. Embora a data esteja próxima, muitos eleitores ainda estão indecisos sobre quem votar ou nas propostas dos candidatos.

Apesar do clima de eleição, com cabos eleitorais espalhados pela cidade e divulgação da propaganda eleitoral gratuita, a indecisão ainda é um marco. O feirante Nildo Moreira, 42 anos, diz que a falta de esperança é o motivo pelo qual ainda não decidiu em quem votar. “Ainda estou indeciso porque a gente não vê progresso e ficamos totalmente descreditados, decepcionados. Já estamos cansados de ouvir promessas e nada ser solucionado. Por causa disso, nem assisto mais propaganda política. Trabalho há mais de vinte anos com o público e ouvimos também muitas histórias de desilusão”.

Edmilson e Priante disputam o segundo turno, aponta pesquisa RealTime Big Data

Há também aqueles que mesmo sem candidato, tenham optado por não acompanhar as propostas devido à falta de crença, além de preferir uma atuação feminina na atividade política. É o caso do funcionário público federal Ivanildo Carmo, 66. “Não tenho candidato e não estou acompanhando as propostas. Há anos não espero mais nada de concreto dos políticos. O que gostaria era que viesse uma candidata à prefeitura. Mesmo sem saber quem seria, eu votaria em mulher. Mas como não temos, vou ter que me decidir até domingo em quem votar, porque não quero anular e nem votar em branco”.

Helder anuncia que vai buscar solução para evitar fechamento do colégio do Carmo

Muitos eleitores também têm se questionado sobre as propostas, porém, relatado não ter muitas esperanças para este pleito. O feirante Ruberval Pereira, 53, diz que acompanha as propagandas políticas no período da tarde e busca avaliar o que dizem os candidatos. “Não decidi em quem votar ainda, mas observo que muitos prometem coisas absurdas, como dar dinheiro. Fico me questionando de onde vão tirar esse valor. Imagina se todo mundo fosse dar dinheiro para a população? O que vemos é uma cidade abandonada, com buracos para todos os lados e não sabemos onde está essa verba para melhorar”.

O vendedor de hortifrúti, Leo Castro, 43, conta que já tem candidato, mas não acredita que ele possa ganhar a eleição. “O problema é que ninguém resolve nada e a gente já não espera mais nada dos candidatos. Votamos por obrigação. Não tenho nem acompanhado a propaganda eleitoral porque a política no país já virou novela”, lamenta. Já a lojista Iranil Monteiro, 52, ainda acredita que possa haver esperanças. “Já escolhi meu candidato com base nas propostas, que considerei satisfatórias. Quero ver uma mudança porquê do jeito que está não dá para continuar”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS