Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TRÂNSITO

Rodovia do Tapanã será entregue este mês

As obras iniciaram em 2013, mas somente em janeiro de 2019, com a atual administração pública, o ritmo de trabalho acelerou

sábado, 17/10/2020, 07:41 - Atualizado em 17/10/2020, 08:19 - Autor: Redação


Ao todo, são quase 5 km recuperados e que irá beneficiar a vida de 500 mil pessoas
Ao todo, são quase 5 km recuperados e que irá beneficiar a vida de 500 mil pessoas | Bruno Cecim/Agência Pará

Até o final deste mês, a rodovia do Tapanã, em Belém, será entregue à população. As obras executadas pelo Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), estão sendo finalizadas com a instalação de novas luminárias e a sinalização (vertical e horizontal). Ao todo, são quase 5 km de via que recebeu novo sistema de drenagem, duplicação de pista, pavimentação, calçada com acessibilidade e ciclofaixa, proporcionando melhorias na mobilidade urbana e na vida de aproximadamente 500 mil pessoas no entorno da obra.

As obras iniciaram em 2013, mas somente em janeiro de 2019, com a atual administração pública, o ritmo de trabalho acelerou e, em menos de dois anos, todas as etapas previstas no projeto serão concluídas. Uma das fases importantes, que deve iniciar nos próximos dias, é a preservação do meio ambiente por meio de um novo paisagismo. Serão plantadas quase 500 mudas de árvores, em ambos os sentidos, de diversas espécies, como Ipê Amarelo, Mangueira Coqueiro e outras. Além disso, a colocação de novo gramado e a instalação de um parque infantil equipado.

“Essa é uma obra cidadã extremamente importante para a mobilidade urbana de Belém. O Estado assumiu essa responsabilidade e está cumprindo seu papel. Vamos entregar para população uma nova via, por isso, contamos com o apoio das pessoas na manutenção e preservação desse patrimônio que é da sociedade para o bom uso da via, obedecendo à sinalização e regulamentação de trânsito”, destaca o engenheiro Eduardo Ribeiro, diretor-geral do NGTM.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS