Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
CRIATIVIDADE

Escola leva carinho para crianças através de drive-thru

A instituição de Abaetetuba se reinventa para não deixar Dia das Crianças passar em branco em meio à pandemia

sexta-feira, 09/10/2020, 22:25 - Atualizado em 09/10/2020, 22:24 - Autor: Monique Costa


Imagem ilustrativa da notícia Escola leva carinho para crianças através de drive-thru
| Divulgação

Em outubro, é festa todo dia com a comemoração do Dia das Crianças. Porém, em um ano completamente atípico, causado pela pandemia do novo coronavírus, as escolas tiveram que adiar ou reinventar as tradicionais festinhas em comemoração à data.

Uma escola, em Abaetetuba, nordeste paraense, fez um Dia das Crianças diferente, nesta sexta-feira (9).

Profissionais em frente a escola, com a alegria garantida para animar os estudantes que passavam em seus transportes.
Profissionais em frente a escola, com a alegria garantida para animar os estudantes que passavam em seus transportes. Acervo pessoal
 

Com fantasias pra lá de coloridas, balões, muitos doces e lembranças, as professoras do Instituto Nossa Senhora dos Anjos não se contentaram em passar a data em branco.

Em carros, motos, bicicletas e até mesmos a pé, os estudantes puderam participar da 'festa' em frente à escola.

Eles receberam kits motivacionais, que além de doces, continham lápis, borracha e caneta. Tudo pra estimular, incentivar e fazer com que a esperança sempre seja presente, mesmo em um momento de adversidade no qual estamos vivendo. 

Nem mesmo as máscaras no rosto escondiam a felicidade dos professores em poder levar um pouco de alegria e esperança em dias melhores para as crianças. 

"A iniciativa surgiu diante dos reflexos da pandemia do novo coronavírus, a qual promoveu o distanciamento social e, consequentemente, o ensino apenas de forma remota. No entanto, a gente sabe o quanto esses momentos alegram nossas crianças, então, não poderíamos deixar essa comemoração passar", explica Estela Rodrigues, Coordenadora Pedagógica da escola. 

Estela Rodrigues, Coordenadora Pedagógica da Escola.
Estela Rodrigues, Coordenadora Pedagógica da Escola. Acervo pessoal
 

Para a professora Márcia Costa, é hora de pensar nas crianças e na saúde mental delas. "Nós que trabalhamos com a educação, que estamos em sala de aula todos os dias e convivemos com as crianças, sabemos o quanto essa troca é importante. Então, precisamos pensar que elas estão em casa se adaptando à nova realidade. Essa foi uma maneira de alegrá-los e fazer com que eles saibam que tudo logo ficará bem', diz.

Para Denise Costa, mãe do pequeno José, a convivência com os amigos e professores foi o que mais fez falta na vida do filho. "Foi surpreendente tudo isso. Eu adorei. Confesso que esperava uma coisa mais fechada. Quando recebemos o convite foi só alegria. Ele ficou muito ansioso pra vir".

E para o estudante, o momento foi de puro encanto. "Eu adorei. Estava doente esses dias, acho que tava era triste porque não estou vendo meus amiguinhos, mas com isso eu fiquei bem feliz", soltou ele, gargalhando. 

José acordou cedo para passar em frente a sua escola e poder rever os professores e receber seus doces.
José acordou cedo para passar em frente a sua escola e poder rever os professores e receber seus doces.
 

 

Professoras se fantasiaram de unicórnio para receber os alunos.
Professoras se fantasiaram de unicórnio para receber os alunos.
 

Para garantir a segurança das crianças, dos familiares e de todos os envolvidos na ação, Estela explicou que uma série de medidas foram adotadas como o uso de máscaras e álcool. 

O Instituto Nossa Senhora do Anjos está adotando o recurso da internet para continuar o ano letivo ativo. Eles sabem que a educação rompe fronteiras. 

 

 

 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS