Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TURISMO

Durante pandemia, paraense tem viajado mais pelo Estado

Durante o mês de setembro, o SHRBS-PA observou uma tendência de aumento de movimento no setor de alimentação fora do lar no Pará.

quarta-feira, 07/10/2020, 09:07 - Atualizado em 07/10/2020, 09:08 - Autor: Redação


Os dados percentuais foram coletados através dos constantes engarrafamentos na saída da capital e a na movimentação de pessoas nas praias e balneários.
Os dados percentuais foram coletados através dos constantes engarrafamentos na saída da capital e a na movimentação de pessoas nas praias e balneários. | Irene Almeida

Um levantamento produzido pelo Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Pará (SHRBS-PA) revelou que o paraense tem se alimentado com maior frequência fora de casa, aproveitando a diminuição de casos de contaminação do novo coronavírus e as medidas de restrição mais flexíveis. A mais recente permitiu aos donos de bares e restaurantes da capital que mantenham os estabelecimentos abertos até às 2h.

Os estabelecimentos continuam trabalhando com a capacidade reduzida a 70%, bem como casas de show e boates ainda continuam proibidas de abrir. Outra mudança estabelecida no decreto publicado no Diário Oficial de Município, no último dia 2, é quanto às apresentações artísticas: o número de músicos permitidos no palco subiu para seis integrantes, antes era somente de três no palco.

Sacar o auxílio emergencial ainda é uma luta para muita gente

Durante o mês de setembro, o SHRBS-PA observou uma tendência de aumento de movimento no setor de alimentação fora do lar no Pará. Bares, lanchonetes, restaurantes e quiosques localizados nas cidades que possuem praias e balneários registraram um movimento expressivo durante o período.

Faturamento

Normalmente o faturamento nestas localidades é maior somente no feriado de 7 de setembro e este ano se estendeu por todos os finais de semana do mês - o que levanta a hipótese de que os paraenses passaram a viajar mais dentro do próprio Estado.

Fim de ano com cerca de 4 mil vagas temporárias, veja dicas de como conquistar a sua!

O SHBRS-PA ainda não fechou dados percentuais sobre esse aumento do movimento. Reuniões serão feitas com os associados nas próximas semanas para levantar o real cenário. “Os constantes engarrafamentos na saída e entrada de Belém aos finais de semana e a quantidade de pessoas publicando fotos em redes sociais nos balneários paraenses nos chamaram a atenção. Então começamos a procurar os associados para saber os reflexos deste volume de pessoas pegando estrada”, observou Fernando Soares, assessor jurídico da entidade sindical.

A princípio alguns fatores podem ter influenciado neste, então, incremento do movimento. O primeiro deles é o medo e as restrições para viajar para fora do Pará. Outro é o fato de que pessoas que se mantiveram em isolamento social começaram a sair e aproveitar os balneários em períodos que não há aglomerações de pessoas.

Redes Sociais

A criação de perfis que ajudam a divulgar as belezas paraenses também motiva as pessoas a viajar mais pelas cidades próximas, segundo o Sindicato.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS