Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

PADROEIRO DA ECOLOGIA

Devoção e amor aos animais marcam o Dia de São Francisco de Assis

O amor pelos animais uniu a professora Danielle Lopes ao padroeiro da ecologia

domingo, 04/10/2020, 12:38 - Atualizado em 04/10/2020, 12:42 - Autor: Paloma Lobato


O amor pelos animais acabou se aliando com a devoção pelo santo.
O amor pelos animais acabou se aliando com a devoção pelo santo. | Reprodução

Hoje é dia de homenagear São Francisco de Assis, considerado o padroeiro da ecologia e dos animais. Por esse motivo, no dia 4 de outubro também é celebrado o Dia Mundial dos Animais. Sem dúvidas, a data é fundamental para se pensar na importância de cuidar e amar esses seres que podem até mesmo ser uma das melhores companhias para nós humanos. 

São Francisco de Assis carregava em si um amor único pelos animais que, inclusive, afirmava que cada ser vivo era imagem do Deus Criador. 

Para os amantes dos animais e devotos do santo, este domingo é considerado especial, como é o caso da professora Danielle Lopes. 

"Hoje é um dia que minhas orações são todas voltadas em agradecer. Dia de São Francisco não peço nada. Simplesmente rezo em agradecimento a tantas coisas boas que ele faz a quem o pede socorro em oração", ressaltou Danielle, que é tutora de sete animais de estimação. 

O amor pelos bichos vem desde a infância e se tornou motivação para que a jovem virasse uma devota do padroeiro, como explica a professora. "Sou devota de São Francisco há muitos anos, desde que compreendi meu amor pelos animais e isso vem de muito criança. Minha mãe é extremamente religiosa, então desde criança conheci a história de São Francisco e percebi o quão poderoso ele é para os bichinhos", disse.

O conforto em poder contar com a proteção do santo é motivo de gratidão para a jovem. 

"Eu coloco São Francisco em todas as minhas orações, tanto as em agradecimento a saúde dos meus filhos, quanto em pedido quando eles encontram-se doentes. Acalenta o espírito e o coração", destaca a devota.

O amor pelo padroeiro dos animais e a ligação espiritual que tem com o mesmo é algo indescritível, como relata Danielle. "Não consigo muito explicar minha ligação espiritual, porque é algo que só quem sente entende, mas costumo dizer que ele nunca desampara aqueles que o procuram verdadeiramente", finaliza. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS