Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

EDUCAÇÃO

Professores dão dicas para quem quer se dar bem no Enem

Profissionais da educação dão orientações para quem está se preparando para as provas, que vão desde o estabelecimento de uma rotina de estudos até a realização de simulados

domingo, 04/10/2020, 09:00 - Atualizado em 04/10/2020, 09:21 - Autor: Suênia Cardoso


Especialistas em educação elaboraram um guia especial com informações sobre o exame.
Especialistas em educação elaboraram um guia especial com informações sobre o exame. | Agência Brasil

Faltam, aproximadamente, 100 dias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), método que é porta de entrada para instituições de nível superior. Para tirar todas as dúvidas dos estudantes, o DIÁRIO ouviu especialistas em educação e elaborou um guia especial com informações sobre o exame.

Com a primeira prova marcada para 17 de janeiro de 2021, uma das principais dicas da pedagoga e coordenadora de ensino médio do Colégio Acrópole, Lourdes Maués, é a disciplina. “Em casa, é fundamental ter um local apropriado, cumprir horários e manter a boa alimentação e o sono em dia. Além disso, evitar passar muito tempo nas redes sociais com assuntos que não sejam de interesse para a prova, para que não seja um tempo perdido para o aluno”. Nesta reta final, ela ainda acrescenta a realização do máximo possível de exercícios.

Professor e diretor do departamento de avaliação do Colégio Equipe, Yussef Ayan aponta dois cenários para quem vai prestar o exame, sobretudo em época de pandemia. “A realidade que temos são os alunos de escolas particulares e os de escola pública e não podemos desconsiderar que existem vantagens e desvantagens. Certamente, o aluno da rede privada possui melhor infraestrutura para os estudos, com plataformas on-line, simulados, serviços de tutoria, etc. Porém, o aluno da rede pública não pode se sentir menos preparado e precisa adotar estratégias de estudo, que vão desde resolver questões anteriores do Enem e estar atualizado sobre os temas do cotidiano”.

Lia Barile Carvalho, professora de língua portuguesa e redação na rede pública de ensino, ressalta a importância do domínio da matriz de referência que regula a prova, com todas as habilidades e competências elencadas. “É importante compreender esses recursos que servirão de parâmetro e que serão cobrados no exame. Vale assistir vídeos no YouTube, por exemplo, que falam sobre essas habilidades e competências e, para a redação, conhecer os critérios de avaliação, a norma culta, ler jornais, revistas e assistir séries para que colaborem para a construção de um repertório argumentativo” (veja mais no box abaixo).

Confira as orientações 

Rotina

Estabelecer uma rotina é o primeiro passo. A pandemia foi um obstáculo, causou nos alunos medo, ansiedade e até desestímulo e dificuldades de lidar com as aulas on-line. O ideal, ainda que a prova esteja próxima, é voltar a estabelecer uma rotina, aos poucos, e com pequenas metas. Isso ajudará a restabelecer o ânimo, o foco e a determinação que foi perdida no começo da pandemia. Devagar e sem cobranças muito altas, para assim, se sentir produtivo nessa trajetória.

Fonte: Lia Barile Carvalho

Disciplina

Ter planejamento e disciplina nos estudos são fatores essenciais. Estipular horários e cumpri-los, selecionar as matérias, buscar um espaço adequado para o estudo e, claro, cuidar da alimentação e do sono ajudam a manter a saúde em dia e a disciplina. Outra dica que auxilia bastante a manter a disciplina é a técnica Pomodoro, que divide o tempo de concentração em uma escala de minutos.

Fontes: Lourdes Maués e Lia Barile Carvalho

Recursos Tecnológicos 

Estas ferramentas são muito bem-vindas para aprimorar os conhecimentos exigidos pelo exame. Vale a pena acessar sites como o Descomplica, que contém questões objetivas e discursivas de todas as áreas; o Pensamento Vincular, que ajuda com critérios de redação; o Manual do Enem, lançado pelo Instituto Federal do Pará (IFPA), com orientações gerais que servem de suporte aos estudantes; a Cartilha do Participante do Enem, de domínio público na web, contendo as cinco competências essenciais para o exame; e, no YouTube, o Curso Vilarejo, contendo diversos conteúdos pedagógicos. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) também disponibiliza em seu site o Enem Pará, plataforma que garante ao aluno o acompanhamento de aulas ao vivo, videoaulas e material de apoio. Vale lembrar que, na ausência de ferramentas tecnológicas, pode-se pedir ajuda aos familiares, amigos e contar com a empatia das pessoas que possuem internet. Montar grupos de estudos com amigos também é uma boa estratégia.

Fontes: Lourdes Maués, Lia Barile Carvalho, Yussef Ayan e Ascom Seduc

Simulados

É importante se familiarizar com as questões do exame e trabalhar o tempo de cada questão. Quanto mais há prática, mais se ganha habilidade. Além disso, estratégias como resolver provas anteriores do Enem são bem aceitas, já que o exame se utiliza de critérios como competências e habilidades. Isso ajuda o aluno a se habituar com o modelo de prova, com a metodologia e a entender como funciona o processo das questões. Realizar todo fim de semana uma prova também cria intimidade, pois o aluno passa a conhecer o estilo das questões e os mecanismos das alternativas e, ainda, a lidar com tempo, fome, cansaço, excesso de leitura, muito tempo sentado, etc. Fontes: Lourdes Maués e Lia Barile Carvalho

Redação 

Exige treino e prática constante da escrita. Recomenda-se que os alunos façam, no mínimo, duas redações por semana para ampliar o repertório argumentativo e corrigir desvios gramaticais. Não há necessidade de que os textos sejam inéditos, mas é válido que o aluno treine o seu padrão de escrita. Além disso, vale lembrar que outras disciplinas também darão suporte para que a redação seja aprimorada com argumentos. Destaca-se também a conexão com a leitura e com os assuntos da atualidade, sendo assim, assistir telejornais, acessar a internet para saber o que está acontecendo pelo mundo e, a partir disso, dedicar um tempo para fazer produções textuais. Fontes: Lourdes Maués e Yussef Ayan

Apoio Psicológico

A prova do Enem, em situações normais, já preocupa o aluno. Em um cenário pandêmico, isso pode ser potencializado. Neste sentido, os educadores ressaltam a importância de encontros psicológicos, para o cuidado com o fator emocional, pois é algo que também precisa ser tratado, já que todos estão passando por um momento difícil em relação à saúde. Todo o apoio é sempre bem-vindo.

Fonte: Lourdes Maués

ENEM

Cronograma

- Janeiro 2021

Dia 17: aplicação do Enem impresso – 1º dia

Dia 24: aplicação do Enem impresso – 2º dia

Dia 31: aplicação do Enem digital – 1º dia

- Fevereiro 2021

Dia 07: aplicação do Enem digital – 2º dia

Dia 24: aplicação do Enem PPL/Reaplicação – 1º dia

Dia 25: aplicação do Enem PPL/Reaplicação – 2º dia

Provas 

O Enem contempla quatro provas objetivas (Linguagens, códigos e suas tecnologias; Ciências humanas e suas tecnologias; Ciências da natureza e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias), com 45 questões cada, além da redação.

Links

- https://descomplica. com.br/

- https://www.pensamento vincular.com.br/

- http://www. conceicaodo araguaia.ifpa. edu. br/docman /audin /1674-manual-do-enem-2020

- https://www.youtube .com/ channel/UC-c-VgKdh5Pc3vAPR80Mbag

- http://download. inep.gov.br/ educacao_basica/ enem /downloads/2020/ presskit /press_kit_ enem_2020.pdf

- https://www.enem para.com/

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS