Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TENDÊNCIA

Veja quais profissões são mais promissoras no pós-pandemia

Profissionais de tecnologia e logística terão mais oportunidades de emprego

domingo, 27/09/2020, 09:17 - Atualizado em 27/09/2020, 10:03 - Autor: Pryscila Soares


| Freepik

O mercado de trabalho sofreu uma grande transformação em um curto espaço de tempo, devido à chegada da pandemia da Covid-19. O contato presencial teve de ser substituído pelo virtual, o que impactou as atividades organizacionais em diversos níveis e segmentos. Um dos exemplos clássicos são as escolas, que tiveram de investir em plataformas digitais e em uma estrutura diferenciada da comum para ofertar aulas on-line. Empresas investiram no fortalecimento ou, em alguns casos, na implantação das etapas de todo o processo até a efetivação das vendas pela internet. As reuniões organizacionais também precisaram ser adaptadas a essa nova realidade.

A partir dessas mudanças, surgiram muitos desafios e entre eles está a aceleração da informatização das companhias. Apesar dos inúmeros impactos negativos gerados pela pandemia, como o fechamento de empresas e de postos de trabalho, por outro lado, algumas ocupações ganharam destaque nesse cenário, como as áreas de tecnologia da informação e de logística.

Especialistas apontam que essas profissões tornaram-se as mais promissoras no mundo pós-pandemia. Inclusive, houve a necessidade de formação de novos especialistas, a exemplo do orientador para trabalho remoto, conforme uma projeção feita pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O estudo fala de um “novo mundo on-line”, cuja previsão é de que surjam, em até cinco anos, novos profissionais para, por exemplo, disponibilizar uma internet de alta performance, que atenda as novas demandas das organizações.

SISTEMAS

TECNOLÓGICOS

Desde o entretenimento virtual, passando pela telemedicina, aulas e as compras on-line. A projeção do Senai aponta que esse novo ambiente virtual vai necessitar de produtos e sistemas tecnológicos mais avançados. Por isso, é de extrema necessidade que haja uma formação de novos especialistas capacitados para atender a essas demandas. Entre eles estão profissionais especializados no desenvolvimento de sistemas, programação multimídia, de jogos e ambientes digitais.

De acordo com o Senai, no campo do trabalho remoto ou home office, o orientador para trabalho remoto terá o papel de capacitar os colaboradores das companhias, por exemplo, no uso de ferramentas informatizadas, bem como orientá-los sobre medidas que garantam a sua saúde física e mental.

PESQUISA E QUALIFICAÇÃO

Na avaliação de Thallys Ferreira, diretor de recursos humanos da Trainee RH, diante de uma mudança abrupta, é natural que ocorra esse processo de abertura no mercado para ocupações que venham a suprir novas demandas. Para quem já atua na área de TI ou logística, e até mesmo para quem está fora do mercado e almeja uma recolocação, a principal orientação é buscar informações sobre as áreas que estão em ascensão no mercado de trabalho e onde essas especializações estão sendo ofertadas.

“Na parte de TI, as empresas tiveram de se modernizar, digitalizar os processos e esses cargos são oriundos dessa nova realidade. Os profissionais têm de buscar qualificação, olhando para cada realidade, observando as demandas do mercado local”, destacou.

O especialista em RH ressaltou ainda o aumento da demanda na área de logística. “Os consumidores passaram a utilizar mais o e-commerce (o comércio eletrônico) e houve um aumento de demanda, por exemplo, para as transportadoras. Além de contratar novos colaboradores, também tiveram de inserir protocolos de segurança nessa entrega. A partir desse contexto, houve uma grande demanda de ocupações voltadas para essa área, que antes eram subvalorizadas”, afirmou.

Reprodução
 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS