Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

MOBILIZAÇÃO

Trabalhadores do Mercado de São Brás protestam e cobram transparência da prefeitura sobre reforma

terça-feira, 22/09/2020, 16:21 - Atualizado em 22/09/2020, 18:38 - Autor: Paloma Lobato/Com informações de Cácia Medeiros


Os feirantes pedem transparência sobre a reforma do local.
Os feirantes pedem transparência sobre a reforma do local. | Reprodução

Os trabalhadores que atuam no Mercado de São Brás, em Belém, fazem protesto na tarde desta terça-feira (22), onde reivindicam a falta de esclarecimentos da Prefeitura de Belém sobre a reforma do espaço. A manifestação está acontecendo na Escola Municipal Manuela de Freitas, no bairro de São Brás. 

De acordo com os manifestantes, a prefeitura teria convocado individualmente os permissionários. A atitude do órgão teria causado preocupação nos feirantes, que acreditam que essa forma de abordagem pode se tratar de uma manobra da prefeitura para tentar fazer com que eles aceitem o projeto de restauração do Mercado de São Brás. 

Quanto à obras do local, os trabalhadores alegam que não foram convocados e nem ouvidos no momento da construção do projeto. Atualmente, o Mercado de São Brás conta com mais de 300 permissionários, que dependem desse trabalho para sustentar os familiares.  

Além da presença dos trabalhadores, a manifestação conta com o apoio da Comissão da Universidade Federal do Pará (UFPA), através do pesquisador André Farias, que estuda Patrimônio Histórico. O pesquisador ressalta a preocupação com a falta de planejamento da obra, que pode acabar desfigurando o local, que é tombado pelo Patrimônio Histórico do município. 

Leia mais:

Ladrão invade casa e rouba 5 mil escondidos no guarda-roupa 

Homem deficiente é estuprado pelo vizinho com colher de pau 

A Presidente da Associação dos Permissionários do Mercado de São Brás, Rosana Martins, assim como o advogado dos trabalhadores discutem sobre a situação com os representantes da Prefeitura de Belém, em uma reunião que acontece neste momento na unidade de ensino. Eles exigem a cópia do contrato acordado entre a prefeitura com a empresa responsável pela reforma do espaço. 

O DOL procurou a prefeitura, que através da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), emitiu uma nota afirmando que está realizando reuniões com todos os permissionários do Mercado de São Brás e que "os encontros estão sendo realizados de forma escalonada, para evitar aglomerações". A Codem ainda afirma que"vem dialogando com os permissionários, por meio de reuniões públicas, sendo tudo oficializado em atas".

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS