Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

JUSTIÇA

Indiciado pela morte do humorista "Ricardo Bomba" será julgado hoje

O primeiro julgamento seria dia 26 de março deste ano, mas foi adiado por conta da pandemia

quinta-feira, 17/09/2020, 09:04 - Atualizado em 17/09/2020, 09:03 - Autor: Diario Online


Crime ocorreu no dia 1º de Maio do ano passado
Crime ocorreu no dia 1º de Maio do ano passado | Reprodução

Hilton Soares Souza Filho, conhecido como "Hiltinho", será julgado nesta quinta-feira (17), no Fórum de Belém, pela morte do humorista Ricardo Sena de Macedo Soares, o "Ricardo Bomba". O juiz Raimundo Moisés Alves Flexa preside o júri, iniciado às 8h.  

• Acusado de brigar e matar humorista Ricardo 'Bomba' é preso no Maranhão

O promotor de justiça Edson Augusto Souza vai atuar em conjunto com João Fredie Bendelaque e outros  advogados assistentes, habilitados no processo pela família da vítima. Este é o segundo julgamento marcado para o caso. O primeiro seria dia 26 de março deste ano, mas foi adiado por conta da pandemia. 

O acesso será restrito ao público, por conta da pandemia. Vão permanecer no plenário apenas as pessoas que irão trabalhar.

SESSÃO

A sessão vai começar com o depoimento das testemunhas: seis indicadas pela promotoria do júri e um perito. Pela defesa, serão apenas três testemunhas. O réu será o último a falar, quando será interrogado pelo juiz.

Após réplica e tréplica os jurados vão votar e decidir sobre a sentença do "Hiltinho".

O CASO

Ricardo Bomba, que participava do programa ‘Paranoia’, da RBATV, morreu após um desentendimento com Hilton durante uma briga, no dia 1º de maio de 2019, no conjunto Pedro Teixeira, no bairro do Coqueiro, em Belém.

• Cenas fortes: vídeo mostra briga e agressão ao ator paraense do 'Paranoia'

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS