Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

SAÚDE

Parceria destinará R$ 28,8 milhões para o combate da Covid-19 na Amazônia

Na região as ações do PPA Solidariedade: Resposta à Covid-19 na Amazônia beneficiam sobretudo os estados do Pará e Amazonas. Iniciativa reúne empresas, organizações da sociedade civil e parceiros internacionais

domingo, 13/09/2020, 08:23 - Atualizado em 13/09/2020, 08:27 - Autor: Luiza Mello/De Brasília


Projeto localizado em Juruti foi um dos selecionados.
Projeto localizado em Juruti foi um dos selecionados. | Rogério Uchôa

Quando o apoio para os povos da Amazônia chega de muitas mãos a ideia só pode dar certo. É nisso que apostam empresas, organizações da sociedade civil e parceiros internacionais que compartilham dos objetivos da plataforma Parceiros pela Amazônia para realizar uma série de ações em prol da região e de sua população.

O PPA Solidariedade: Resposta à Covid-19 na Amazônia é um exemplo dessa união que, por meio de programas assistenciais, dá respostas ao enfrentamento da pandemia na região, em especial no Amazonas e Pará. Com aporte inicial de R$ 10,6 milhões a Agência dos Estados Unidos para Desenvolvimento Internacional (USAID), em parceria com o fundo New Partynerships Initiative – NPI Expand, se uniram à Plataforma Parceiros pela Amazônia e a SITAWI Finanças do Bem para criar a iniciativa.

A ação também ajudou a buscar recursos com parceiros do setor privado como Alcoa, Bank of America, Beraca, Cargill, Caterpillar, Hydro, Mineração do Rio do Norte, Suzano e Vale, que contribuíram com cerca de R$ 18,2 milhões para as ações, somando R$ 28,8 milhões investidos em programas no Pará e no Amazonas, principalmente.

Sespa divulga 50 novos casos de coronavírus da última semana

Os programas incluem distribuição de cestas básicas e kits de higiene para mais de 16 mil famílias, campanhas sobre métodos de prevenção para mais de 250 mil pessoas, apoio à testagens, ampliação de leitos de UTI e resgate a negócios de impacto, com R$ 1,5 milhão em empréstimos a juros baixos e capacitações.

O embaixador dos Estados Unidos, Todd Chapman lembrou a parceria entre seu país e o Brasil para o enfrentamento da pandemia: “Ações colaborativas como a do PPA Solidariedade unem as organizações públicas e privadas e da sociedade civil para lutar contra o impacto e ameaça da Covid-19 na vida de cada pessoa”.

Região

“A Amazônia foi uma das primeiras regiões do Brasil a sofrer com a pandemia da Covid-19, e muitos locais ainda estão sob forte ameaça. As ações apoiadas pela PPA Solidariedade irão ajudar a proteger as comunidades que ainda estão vulneráveis, e aos negócios locais para que possam se manter e se recuperar mais rapidamente”, explica Ted Gehr, diretor da USAID/Brasil.

De acordo com a embaixada americana, o governo e o setor privado dos EUA “estão fortemente empenhados em ajudar o povo brasileiro a combater a Covid-19 no Brasil e juntos já disponibilizaram cerca de US$ 68 milhões (aproximadamente, R$ 356 milhões) para uma série de iniciativas, incluindo doação de equipamentos de saúde, alimentos, produtos de higiene e proteção individual, além de projetos de apoio a empreendedores, inteligência artificial e combate à desinformação”.

Belém segue fora do ranking das 100 cidades mais inteligentes do Brasil

Entre as ações que essa parceria em torno da PPA pretendem trabalhar no Pará e no Amazonas estão a mobilização por meio de campanhas de comunicação sobre os riscos e o engajamento das comunidades em medidas de mitigação e proteção para enfrentar a Covid-19, além da capacitação das comunidades vulneráveis ou isoladas para que tenham como se proteger da Covid-19.

Os parceiros também começaram a adotar medidas de prevenção e controle de infecções pela Covid-19 em instalações de saúde e nas comunidades com apoio aos sistemas de saúde local (hospitais, postos de saúde e unidades/serviços de saúde comunitários). Uma das propostas que já é trabalhada é o apoio aos empreendedores; pequenos negócios de impacto social e startups; grupos de produtores e cooperativas com pequenos aportes financeiros; serviços de assessoria empresarial e acesso a empréstimos a juros baixos ou microcrédito.

Juruti

O Instituto Juruti Sustentável (Ijus), por exemplo, foi selecionado pela iniciativa PPA Solidariedade para receber investimentos com a adoção de medidas para o enfrentamento dos impactos à saúde e à economia locais. O Instituto trabalha com a comunidade local com ações de sustentabilidade.

Neste projeto, a parceria está investindo mais de R$1,5 milhão da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) pela NPI Expand, Alcoa Foundation, Plataforma Parceiros pela Amazônia e Cooperativa da Agricultura Familiar de Juruti .

Para a comunidade de Juruti serão adquiridos kits de prevenção ao coronavírus (álcool gel, informativos e máscaras); um equipamento de hemodiálise e ampliação de 32 leitos no Hospital 09 de Abril; quatro respiradores para o atendimento de pacientes da Covid-19 no Hospital 9 de Abril e Hospital Municipal Francisco Rodrigues Barros, em Juruti. Está prevista a qualificação de 200 Agentes Populares de Saúde; apoio à higienização e desinfecção de superfícies em postos e unidades básicas de saúde de Juruti, entre outras ações.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS