Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DEU PRAIA

Acabou a pandemia? Banhistas se aglomeram em Outeiro

segunda-feira, 07/09/2020, 08:19 - Atualizado em 07/09/2020, 08:19 - Autor: Pryscila Soares


| Reprodução

O feriado prolongado pelo Dia da Independência do Brasil, celebrado hoje (07), atraiu muitos banhistas na tarde de ontem (06) para a Praia Grande, na ilha de Outeiro, distrito de Belém. Mesmo com as recomendações para se evitar a transmissão do novo coronavírus ainda vigentes, o cenário era de muita aglomeração. As pessoas ignoraram o uso da máscara e o distanciamento social.

A técnica de enfermagem Rosana Sales, 45, foi para a praia com familiares e amigos aproveitar a tarde ensolarada. A aglomeração na praia chamou a atenção da banhista. “Ainda temos muitos casos nos hospitais. Viemos aqui para esse canto para ficar mais distante, mas a gente percebe que todo mundo quer sair do isolamento e daí acontece isso, muita aglomeração. Fomos para um balneário aqui perto, um igarapé, mas não podia entrar com isopor. Por isso, viemos para cá”, disse ela.

Já a manicure Rose Santos, 31, que mora no bairro do Telégrafo, visitou Outeiro pela primeira vez, acompanhada de amigos. “Está um pouco aglomerado. É a primeira vez que saio assim depois do período de isolamento, para um local muito movimentado. Viemos por ser mais perto mesmo, aproveitar o dia”, explicou.

Embora a praia estivesse movimentada, para a funcionária de um bar e restaurante, Marlene Lima, 52, o volume de vendas estava abaixo do estimado pelos comerciantes. “A gente esperava um movimento maior. As vendas não estão muito boas. Está saindo um pouco de cada, refeições bebidas. Esperamos que melhore mais amanhã (hoje)”, afirmou.

BOMBEIROS

Com o efetivo distribuído nas praias Grande, do Amor, Paraíso e Cruzeiro, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará promove até hoje a Operação Independência nos balneários de Outeiro e Icoaraci, com o objetivo de resguardar a segurança dos banhistas. O capitão do CBM, Rangel Valois, falou sobre as ocorrências registradas desde sábado até a tarde de ontem.

“Tivemos três casos de crianças perdidas, contando com essa que está conosco aqui no posto. Ontem (sábado) ocorreu um afogamento leve de uma criança de 6 anos e hoje tivemos ferrada de arraia e corte. O trabalho de orientação é para que as pessoas priorizem os cuidados com as crianças, evitem ingerir bebida alcoólica e depois ir para a maré. Se estiver com criança, pedimos para vir direto ao posto, porque estamos trabalhando com as pulseirinhas”,pontuou o capitão.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS