Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CRESCIMENTO CONSTANTE

DOL completa 10 anos e se consolida dentro do jornalismo digital do país

domingo, 06/09/2020, 13:12 - Atualizado em 06/09/2020, 13:12 - Autor: Luiz Flávio/Diário do Pará


Portal completa uma década de vida no próximo dia 10.
Portal completa uma década de vida no próximo dia 10. | Wagner Santana/Diário do Pará

O portal de notícias Diário OnLine (DOL) chega a uma década de vida no próximo dia 10 com números que impressionam: o aumento de acessos e visualizações de 2019 teve um incremento de 45% em relação a 2018. Outro dado importante é referente aos números nos 7 primeiros meses de 2020: foram quase 200 milhões de visualizações de primeiro de janeiro até 30 de julho, crescimento de 17,5% em relação ao ano passado.

Nenhum portal de notícias atingiu essa marca na região Norte. A previsão é de que se chegue entre 350 a 400 milhões de pageviews até o final de dezembro, colocando o veículo num seleto grupo dos maiores portaisde notícias do país.

Sucesso: DOL lidera mercado e público com 300 milhões de acessos em 2019

Nessa década de existência o DOL cresceu e se consolidou dentro do jornalismo digital na Amazônia e do país. Ao longo desse período vários investimentos em tecnologia e recursos humanos foram feitos, tornando o portal com acesso mais rápido, com mais conteúdo e muito mais interação com o usuário. O portal segue cada vez mais aprimorando e agregando conteúdo, sempre trazendo novosprodutos e novidades.

“O DOL tem hoje uma velocidade de carregamento até maior do que grandes portais brasileiros. Temos a responsabilidade e o compromisso, com o nosso leitor, de continuar evoluindo e crescendo para continuar o atendendo com a mesma qualidade na informação”, destaca Camilo Centeno, vice-presidente do Grupo RBA.

Hoje é uma referência em todo o Estado. É lido em todos os lugares do Brasil ou do mundo, onde se queira saber notícias sobre o Pará", destaca Camilo Centeno, vice-presidente do Grupo RBA.
Hoje é uma referência em todo o Estado. É lido em todos os lugares do Brasil ou do mundo, onde se queira saber notícias sobre o Pará", destaca Camilo Centeno, vice-presidente do Grupo RBA. Irene Almeida/Diário do Pará
 

CRESCIMENTO

O portal teve um crescimento exponencial nos últimos anos, sempre privilegiando o conteúdo editorial. Hoje o portal, segundo ele, é um veículo totalmente independente, com equipes próprias. “O portal passou a ter tanta força quanto o jornal impresso. Hoje é uma referência em todo o Estado. É lido em todos os lugares do Brasil ou do mundo onde se queira saber notícias sobre o Pará”, diz Centeno.

BABY DOL conquista público paraense e comemora 2 anos de sucesso no ar 

Jader Barbalho Filho, diretor-presidente do Grupo RBA, avalia que o jornalismo moderno e antenado exige, independente da plataforma utilizada pelo leitor, a informação bem apurada e de qualidade.

“Esse é o principal patrimônio do DOL hoje: a credibilidade. Sem isso o jornalismo digital está fadado ao fracasso. Desde que o portal foi ao ar sempre buscamos entender o que o leitor queria e o mercado que estávamos entrando naquele momento. O jornalismo de qualidade é que determina o sucesso, independentedo meio”, destaca.

"Esse é o principal patrimônio do DOL hoje: a credibilidade", diz Jader Barbalho Filho, diretor-presidente do Grupo RBA.
"Esse é o principal patrimônio do DOL hoje: a credibilidade", diz Jader Barbalho Filho, diretor-presidente do Grupo RBA. Ricardo Amanajás/Diário do Pará
 

Ele lembra que o portal era para funcionar como uma extensão da notícia impressa veiculada no DIÁRIO DO PARÁ, mas o sucesso foi tamanho que hoje o DOL se tornou uma grande ferramenta multimídia abrangendo todas as plataformas.

“O DIÁRIO sempre foi um veículo de vanguarda na área de impressos aqui no nosso Estado desde a década de 1990 e o DOL seguiu nesse mesmo caminho no meio digital. Hoje o portal funciona como um elo de ligação com os demais veículos do grupo, onde um complementa o outro. E o sucesso é o que conhecemos hoje”, destaca Jader.

VITRINE

Nilton Lobato, diretor comercial do Grupo RBA, lembra que o DOL se tornou uma vitrine editorial e comercial muito grande nos últimos anos, sendo um produto gerador de conteúdo e que agrega parceiros comerciais e internautas. Ele diz que a ferramenta trará muitas novidades para os leitores/internautas e muitos produtos novos para o mercado anunciante ainda nesse segundo semestre.

Veja como anunciar grátis no novo Classificados TEM+

Ele lembra que O DOL foi pioneiro entre os portais de notícias no Pará ao ser lançado pelo Grupo RBA em setembro de 2010. De lá para cá, com uma evolução expressiva, tanto em nível de tecnologia quanto de produtos engajados de marketing, o DOL chegou, segundo dados da ferramenta Google Analytics, somente em 2019, à marca de 300 milhões de páginas visualizadas (views) por 40 milhões de internautas (usuários únicos).

“Esses números garantem ao portal a liderança de audiência no segmento no Pará e o coloca entre os 500 sites mais visitados do Brasil num universo de 10 milhões de sites e entre os 2.500 sites de jornalismo mais visitados no mundo, segundo dados da ferramenta Similar Web, o que o torna uma enorme ferramenta para divulgação de anúncios de empresas e produtos”, contabiliza Lobato.

"Não existe nada comparado ao DOL no Pará em nível de conteúdo digital", destaca Mauro Neto, editor-executivo do DOL.
"Não existe nada comparado ao DOL no Pará em nível de conteúdo digital", destaca Mauro Neto, editor-executivo do DOL. Fernando Araújo/Diário do Pará
 

Para o jornalista Mauro Neto, editor executivo do portal, “a palavra sucesso define bem o DOL”. Segundo ele, a evolução constante também faz parte desta história nosúltimos 10 anos.

“Fazemos jornalismo de primeira com apuração precisa e rápida como exige hoje o nosso público. Inovações em produtos comerciais e o engajamento de quase 30 milhões de pessoas mensalmente nas redes sociais transformaram o DOL em referência em conteúdo digital. E nossos números, todos aferidos pelo Google Analytics e por ferramentas reconhecidas como Similar Web e Reportei garantem o primeiro lugar em audiência e engajamento no Pará”, garante.

Sucesso também no Facebook e Instagram

Paralelamente ao portal DOL, a empresa desenvolveu estratégias nas redes sociais que lhe garantem também o sucesso no Facebook e Instagram. No primeiro, o DOL tem mais de 730 mil seguidores. No segundo, já atinge aproximadamente 250 mil seguidores com a incrível marca de 20 milhões de visualizações de seu conteúdo por mês.

“Em 2020, o número de impressões do Instagram já ultrapassou 120 milhões. Não existe nada comparado ao DOL no Pará em nível de conteúdo digital”, garante o editor.

O DOL hoje possui a maior redação jornalística do Pará: são 34 jornalistas e multimídias, que desenvolvem o sistema de conteúdo e administração polivalente.

“O DOL tem uma série de produtos que serão lançados a partir do décimo ano que vão estimular ainda mais a participação dos internautas do portal. A partir de agora, eles terão muito mais o que ver”, declarou o Gerente de conteúdo de mídia digital do Grupo RBA, jornalista Adil Baía, que acaba de assumir a função de coordenar o processo de integração dos vários segmentos de mídia eletrônica do grupo.

JORNALISMO

Kleberson Augusto Pantoja dos Santos, 40, chegou ao DOL em julho de 2012. Começou como repórter e hoje ocupa a função de coordenador de conteúdo, cargo que equivale ao de editor. “Nesses oito anos no DOL destaco a liberdade que temos de pensar pautas, de sugerir matérias especiais que felizmente já me renderam dois reconhecimentos com premiações”, diz.

Em 2014 Kleberson foi a Brasília receber o Prêmio MPT de Jornalismo com uma reportagem que retratava os riscos que crianças correm ao seguir barcos nos rios do Pará em troca de alimentos, roupas e dinheiro em pequenas embarcações que fazem o trajeto em alta velocidade.

Foi a matéria “Esmola sobre as águas - exploração do trabalho infantil em rio amazônico”, que surgiu durante uma viagem que o repórter fazia e presenciou a situação que, a seu ver, era e ainda é alarmante.

Em 2018, outra matéria “Do concreto à biomassa - o reaproveitamento do caroço do açaí” foi reconhecida por uma das principais premiações do jornalismo no Pará, o Prêmio Fiepa de Jornalismo. “Nela mostramos como a semente do fruto mais consumido no Estado pode ser a solução para vários setores da indústria como a da construção civil e na queima de combustível de grandes fornos dentro das fábricas”.

Ele analisa que o DOL é sucesso muito em razão do respeito ao leitor e diversificação dos assuntos. “É um portal de notícias e entretenimento que agrada em cheio a todos os públicos com informações que vão de política e economia ao factual, aquilo que acontece perto da gente, no nosso bairro, na nossa rua, até novelas, música e cinema”.

Ana Paula Azevedo, 32 anos, começou no DOL em janeiro de 2013. “Até então eu sempre tinha trabalhado em assessorias de imprensa e o desafio de ir para um portal de notícias foi enorme. O que mais me encanta no jornalismo web é o imediatismo da informação”.

No ano que começou a trabalhar no DOL Ana Paula já se destacou, ganhado o prêmio de melhor repórter de web no Prêmio Sistema Fiepa de Jornalismo, onde foi ainda finalista na mesma categoria nos anos de 2015 e 2016.

“Um prêmio que muito me orgulha foi ter ficado em segundo lugar na categoria webjornalismo no I Prêmio Paraense de Jornalismo em Direitos Humanos, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil- seção Pará (OAB-PA) e pelo Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-PA), com a reportagem ‘Homofobia: Um ato de ódio que machuca a vítima”.

Ela lembra que o repórter de web é uma espécie de “faz-tudo”. “Fazemos atualidades, política, política, cultura... Mas o que eu mais gosto de fazer são as reportagens factuais, que exigem rapidez na apuração e dão muita adrenalina. São quase 8 anos nessa vida e todo dia é um aprendizado novo, com cada apuração, com cada reportagem postada. Sou feliz em fazer parte dessa equipe que é como se fosse a minha segunda família”.

Portal completa uma década de vida no próximo dia 10.
Portal completa uma década de vida no próximo dia 10. | Wagner Santana/Diário do Pará
Portal completa uma década de vida no próximo dia 10. | Wagner Santana/Diário do Pará
Hoje é uma referência em todo o Estado. É lido em todos os lugares do Brasil ou do mundo, onde se queira saber notícias sobre o Pará
Portal completa uma década de vida no próximo dia 10. | Wagner Santana/Diário do Pará
Portal completa uma década de vida no próximo dia 10. | Wagner Santana/Diário do Pará

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS