Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

MOVIMENTAÇÃO

Procura por passagens cresce às vésperas do início de agosto

sexta-feira, 31/07/2020, 08:34 - Atualizado em 31/07/2020, 08:33 - Autor: Tiago Furtado/Diário do Pará


Milhares de pessoas foram ao terminal rodoviário ontem para viajar rumo ao interior do Estado ou comprar passagens antecipadas
Milhares de pessoas foram ao terminal rodoviário ontem para viajar rumo ao interior do Estado ou comprar passagens antecipadas | Irene Almeida/Diário do Pará

Apesar do fim do mês de julho e deste final de semana ser marcado pelo início de agosto, a movimentação de saída de Belém promete ser considerável em busca dos destinos mais procurados do Estado, principalmente os balneários, que são os mais desejados. Tudo para aproveitar os últimos dias de folga, emendando o fim de julho com o primeiro sábado e domingo de agosto.

Na manhã de ontem, o movimento era intenso no Terminal Rodoviário de Belém. Seja de pessoas esperando o momento de embarcar nos ônibus, como de passageiros buscando comprar passagens de forma antecipada, sem correr o risco de deixar para a última horas.

Para quem aguardava o momento de seguir viagem, a sensação era de que a quantidade de pessoas era grande no local. A bióloga Samara Barroso, 25, aguardava o momento para ir em direção a cidade de Paragominas a trabalho e, segundo ela, a grande dificuldade entre os presentes era o cumprimento do distanciamento social recomendado para evitar o contágio da Covid-19.

“Eu acho que, para o cenário de pandemia, está bem complicado aqui. É a primeira vez que viajo em julho e em tempos normais a movimentação não é assim. Eu fico de máscara, uso álcool o tempo todo e fico longe das pessoas. Eu vejo que existe muita dificuldade de ficar um distante do outro. Tem marcação no chão, mas a galera não respeita”, comenta.

De acordo com a Sociedade Nacional Apoio Rodoviário Turístico (Sinart), empresa administradora do Terminal Rodoviário de Belém, o último final de semana de férias promete ser o mais movimentado no local. A expectativa é de que 11.700 passageiros sejam embarcados. Ainda de acordo com a empresa administradora, até o dia 28 de julho, 48.048 pessoas viajaram pelo Terminal Rodoviário, 67,37% a menos comparado ao mesmo período de 2019 (147.251 pessoas embarcadas). Os destinos mais procurados são o distrito de Mosqueiro e os municípios de Bragança, Marudá, Salinópolis, Colares e Vigia. Para viagens fora do Estado, a procura maior era para São Luís (MA), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ).

PLANEJAMENTO

Ainda no terminal rodoviário tinha gente que não compraria passagens para agora, mas já pesquisa preços para um futuro próximo. Final do ano para ser mais exato. Era o caso do advogado Cláudio Queiroz, 58, que estava há cerca de 20 dias em tratamento de saúde. Inclusive essa era a primeira vez que ele saía de casa durante a pandemia e se disse surpreso com a grande quantidade de pessoas nas ruas.

“A questão da pandemia ainda me preocupa muito, nesse trajeto até aqui ainda vi muitas pessoas sem máscara e nenhum tipo de proteção. Eu vim aqui para ver se comprava passagem para Fortaleza para o final do ano, mas apenas para esse período e essa aglomeração aqui me chocou muito. A pandemia ainda não passou, ela só está enganando as pessoas que acham que passou e isso me preocupa”, declarou.

Procura era baixa no Terminal Hidroviário

Já no Terminal Hidroviário de Belém, a movimentação era bem menor na manhã de ontem. Inclusive quem ia ao local retirar os bilhetes eram aqueles preocupados em reservar a viagem com antecedência.

A dona de casa Katiane Gomes, 42, iria hoje para o Marajó, visitar a irmã, mas tratou de comprar as passagens um dia antes para não correr o risco de encarar uma grande fila. “A movimentação está bem menor do que em outros períodos. Esse é o primeiro final de semana que vou viajar, vou para Soure. Resolvi ir agora porque eu acredito que não vai ter tumulto por causa do fim das férias. Sem falar que é menos perigo também com a lotação dos barcos e sem aglomeração por conta dessa pandemia”, contou.

Já Evandro Nunes, 65, trabalha em Belém, mas estava retornando ao Marajó, onde mora. Ele disse que realiza a viagem com frequência e a sua expectativa era de filas e aglomeração nesse final de semana. “A passagem até que está dentro daquilo do esperado. Resolvi comprar com antecedência porque como está chegando o final de semana, a procura por elas pode ser maior e eu posso acabar ficando sem ter como reservar em cima da hora”, observou.

Por meio de nota, a “Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH) informa que o Terminal Hidroviário de Belém registrou um fluxo de 5.392 passageiros entre a sexta-feira (24) e o domingo (26) passados, uma média de 1.797 pessoas por dia.”

Informa ainda que foram realizadas 43 viagens, entre embarques e desembarques e os destinos mais procurados estão sendo os municípios do arquipélago do Marajó (Soure, Salvaterra, Ponta de Pedras e porto Camará). Nos quatro primeiros finais de semana de julho, o THB registrou 16.654 passageiros e 155 viagens.

Por fim, disse que a CPH não tem como fazer um comparativo entre julho do ano passado e julho deste ano, devido à pandemia. Em julho de 2019 passaram pelo terminal 128.700 passageiros, uma média de 32.175 usuários por semana.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS