Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TECNOLOGIA E GASTRONOMIA

Dissertação apresenta conserva de camarão-da-amazônia ao molho de tucupi e jambu

quarta-feira, 29/07/2020, 21:00 - Atualizado em 29/07/2020, 20:59 - Autor: Com informações de Flávio Rocha/UFPA


O trabalho foi defendido no Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental (Campus Bragança) da UFPA.
O trabalho foi defendido no Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental (Campus Bragança) da UFPA. | Acervo da Pesquisa/UFPA

Uma dissertação defendida no Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental (PPBA/Campus Bragança) na Universidade Federal do Pará (UFPA) está trazendo novidades para a gastronomia regional, em especial no nordeste paraense. 

De autoria do engenheiro de pesca Keber Junior, a dissertação “Aproveitamento da biodiversidade e cultura alimentar amazônica: produção de conserva de camarão-da-amazônia ao molho de tucupi e jambu” consiste em associar tecnologia e conhecimento científico à cultura alimentar paraense.

O método utilizado consiste no enlatamento dos produtos. “Utilizamos quatro tratamentos no total: três deles (T1, T2 e T3) continham diferentes tempos de exposição ao calor - 15, 20 e 25 minutos, respectivamente. No último tratamento (T4), realizamos a conserva de camarão com casca, com 15 minutos de exposição”, explica o engenheiro.

As análises microbiológicas constataram que as conservas não apresentaram desenvolvimento de colônias bacterianas, o que confirmou a segurança alimentar do produto mesmo depois de 12 meses da produção, expondo a eficiência do processo de produção.

“Esses recursos podem ser explorados economicamente por indústrias artesanais da região, incentivando o desenvolvimento local com o uso de tecnologias e o aproveitamento econômico da biodiversidade”, defende Keber. “Acredito que o projeto tem muito potencial e, com algumas melhorias, poderemos obter um produto com melhor aceitação”, finaliza.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS