Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TRAGÉDIA

Cleide Moraes, a Rainha da Saudade, morre em acidente na estrada de Mosqueiro

domingo, 26/07/2020, 23:06 - Atualizado em 26/07/2020, 23:23 - Autor: Diário Online


| Divulgação

A cantora Cleide Moraes morreu na noite deste domingo (26), após sofrer um acidente de carro na estrada de Mosqueiro, próximo a Santa Bárbara.

A cantora, que marcou época na música paraense e era conhecida como Rainha da Saudade, estava voltando de uma apresentação em Icoaraci junto com o músico Miguel, quando a Kombi em que estavam colidiu com outro veículo que vinha na via oposta. Testemunhas disseram que o motorista do veículo que colidiu com a Kombi estava embriagado, informação ainda não confirmada pelas autoridades.

Miguel chegou a publicar uma foto com a banda durante a apresentação desse domingo. Na legenda, o músico agradeceu a Deus pelo primeiro show depois de 4 meses com a banda parada devido a pandemia.

Reprodução
 

Cleide morreu no local e Miguel foi levado em estado grave para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua.

Amigo de Cleide há décadas e integrantes da banda, o músico Evandro estava com Cleide e Miguel dentro do veículo minutos antes do acidente. Ele ficou próximo ao Mangueirão e Cleide e Miguel seguiram em direção a Mosqueiro.

“Acabei de confirmar que a Cleide morreu. Há algumas horas eu estava no carro com eles e fiquei no Mangueirão. Não estou acreditando nessa tragédia”, disse o músico.

Cleide Moraes iniciou a carreira ainda na década de 70. A cantora ficou conhecida no mundo do samba mas depois migrou para os ritmos regionais conhecidos popularmente como “saudade”.   

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS