Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

LEGADO NA COMUNICAÇÃO PARAENSE

Morre o jornalista José Severo de Souza aos 81 anos

sexta-feira, 24/07/2020, 14:49 - Atualizado em 24/07/2020, 18:03 - Autor: Lana Oliveira


| Arquivo Pessoal

O jornalista José Severo de Souza faleceu, na manhã desta sexta-feira (24), aos 81 anos. Ele sofreu um infarto e não resistiu. Severo partiu deixando dois filhos, Alda Dantas e Severo Filho e sete netos, além de um grande legado na comunicação paraense.

Para os filhos e netos, Severo era o pilar da família, um grande pai e excelente profissional. Uma personalidade que servia de inspiração tanto para o universo da comunicação, como para o empreendedorismo, pois José Severo fundou a agência de propaganda mais antiga de Belém, a Norte Comunicação, em 1963.

Severo era jornalista, publicitário, radialista e apresentador de TV. Ao longo de sua trajetória trabalhou nos governos de Jader Barbalho e Hélio Gueiros. Foi criador da logomarca da Cosanpa e juiz classista da Justiça do Trabalho, representando a classe dos publicitários, entre os anos de 1992 a 1995.

José Seveno foi benemérito e diretor do Clube do Remo, por muitos anos. Era um remista apaixonado. O time azulino lamentou sua partida e prestou condolências a família.

O jornalista foi um dos pioneiros da comunicação na capital paraense e sempre fez questão de inserir a agência Norte Comunicação, da qual foi fundador, nas mudanças e inovações do mercado. Antes atuava na área de impresso, TVs e rádios. Hoje, a empresa já está na terceira geração, comandada pelos filhos Severo Filho, Alda Dantas e pela neta Marília Argollo.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS