Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

PRUDÊNCIA

'Retoma Pará': Governo anuncia novas ações e medidas para praias e balneários

quinta-feira, 02/07/2020, 12:28 - Atualizado em 02/07/2020, 12:28 - Autor: Diário Online


Governo do Pará anuncia medidas para o verão 2020.
Governo do Pará anuncia medidas para o verão 2020. | Wagner Almeida/Diário do Pará

Saúde, segurança e responsabilidade. Novas medidas do projeto “Retoma Pará”, seguindo protocolos das atividades econômicas do Estado, foram anunciadas pelo governador do Pará, Helder Barbalho, durante entrevista coletiva on-line, realizada na manhã desta quinta-feira (2).

A retomada das atividades de maneira gradativa, segundo o Governo do Estado, leva em consideração a ciência, a técnica e os profissionais de saúde para a tomada de decisões. 

"Cada cidadão tem que assumir a sua responsabilidade, ter a consciência de sair para um determinado lugar, somente se necessário. Eu continuo fazendo o apelo e defendendo a conscientização de que todos nós temos a responsabilidade no enfrentamento à Covid-19. Cada um deve se proteger, proteger sua família, proteger quem você ama e só vamos conseguir isso com a colaboração de todos", alertou Hélder Barbalho. 

Segundo o governador, cada município terá autonomia para o processo decisório, cabendo ao Estado orientar sobre o sistema de saúde.

"Reconheço o quanto tem sido difícil esse processo, que as pessoas tiveram a vida mudada, porém, é importante seguir medidas de controle e combate ao coronavírus. Continuaremos com o hospital do Hangar em funcionamento, além do Abelardo Santos, como referência para Covid-19 e que segue como porta aberta de urgência e emergência para pacientes com sintomas respiratórios, e os atendimentos ambulatoriais e exames", enfatiza Barbalho. 

O novo secretário adjunto da Sespa, Sipriano Ferraz, diretor do projeto das Policlínicas Metropolitana e Itinerante, destacou que as ações realizadas no Estado estão apresentando resultados positivos.

"São medidas que tomamos nos últimos 60 dias que estão apresentado resultados. Será uma virada de chave com prudência. Vamos pensar em cada região, cada situação específica, para que consigamos juntos ter sucesso", destacou ele. 

COVID-19 NO PARÁ

Mais de 93 mil pacientes diagnosticados com Covid-19 foram recuperadas no Pará, desde que foi registrado o primeiro caso, em 18 de março, até a divulgação do último boletim da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), às 18h da última quarta-feira (1º).

Desde o início da pandemia, o foco se voltou aos investimentos em equipamentos para hospitais, bem como às mudanças de perfil de unidades hospitalares para dar conta da demanda.

Iniciativas - O Pará conta com 2.225 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19. São 1.523 leitos clínicos, mais 702 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adultos. Além desse total, o Estado também tem 27 leitos de UTI pediátricos e 24 leitos de UTI neonatal. Em março deste ano, no início da pandemia, eram três UTIs exclusivas para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus. O Hospital de Campanha que funciona no Hangar tem 420 leitos, 310 clínicos e 110 de UTI. Existem, também, 50 leitos exclusivos para pacientes indígenas.

Entre as outras ações do Estado no enfrentamento da pandemia, estão a instalação de Hospitais de Campanha em Santarém, Marabá e Breves; distribuição de medicamentos em todos os hospitais do Estado, inclusive os particulares; distribuição de mais de 200 mil máscaras para a população, por meio do programa Máscara para todos; campanhas para incentivo do uso de máscaras, isolamento e distanciamento social e limpeza das mãos, e desinfecção de feiras e mercados da RMB.

VERÃO 2020

Wallame Machado, Secretário de Segurança Pública do Pará, apresentou as medidas para o mês de julho, nas praias, clubes e balneários do Estado. Uma operação será realizada com pontos de controle nas praias de Salinas, Mosqueiro e Outeiro.

"Precisamos que as pessoas tenham maturidade de viver esse momento com responsabilidade. A flexibilização é apenas um degrau. A operação já iniciou e os órgãos de segurança estarão fiscalizando e dando apoio a população paraense", explicou ele, ressaltando que Salinas está no zoneamento amarelo, que significa estado de alerta. 

"Definimos regras junto com a prefeitura municipal de acesso ã praia. Barracas terão horários específicos de funcionamento, sem shows na praia, som automotivo e várias outras medidas que serão fiscalizadas pelos órgãos de segurança", alertou. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS