Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CAINDO

Pará fica na 20ª posição no ranking nacional de isolamento social

sábado, 27/06/2020, 16:28 - Atualizado em 27/06/2020, 16:28 - Autor: Agência Pará


Autoridades lembram que a pandemia ainda não acabou
Autoridades lembram que a pandemia ainda não acabou | Arquivo

O Pará ocupou a 20ª posição no ranking nacional de isolamento social na sexta-feira (26), com taxa de 36,62% de pessoas em casa para evitar a proliferação da Covid-19. É a mesma colocação de Belém, que registrou 37,27% de pessoas obedecendo o distanciamento social. Os dados foram divulgados neste sábado (27), pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup).

As cidades com maior registro de desobediência à recomendação de ficar em casa e com baixo índice de isolamento foram Curuá (23,9%), Bom Jesus do Tocantins (25%) e Primavera (25,8%). Já as que alcançaram melhores índices foram Faro (54,5%), Aveiro (53,8%) e Monte Alegre (52,3%).

Na capital e em Ananindeua, foram registrados, respectivamente, os índices de 37,27% e 35,9%. Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Souza (54,3%), Brasília (52,4%) e Mangueirão (47,7%). As piores taxas foram em Curió-Utinga (3,6%), Ariramba (19,2%) e Pratinha (32,6%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros Levilândia (48%), Curuçambá (44,7%) e Águas Brancas (43,7%). As piores taxas foram observadas em Levilândia (48%), Curuçambá (44,7%) e Águas Brancas (43,7%).

O titular da Segup, Ualame Machado, ressalta que a pandemia não acabou. Apesar dos avanços gradativos, é necessário manter os cuidados básicos para que não seja preciso retroceder. "É necessário que todos sigam os protocolos de segurança. O uso da máscara, a higienização com álcool em gel, por exemplo. Estamos em processo de avanço, e para termos sucesso, é fundamental que todos tenham responsabilidade. Os órgãos de segurança pública estão agindo, mas a parceria com a população é necessária", diz.

O percentual de isolamento nos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis e são atualizados diariamente no site da Segup.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS