Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

RECOMEÇAR

Vítimas de chuvas fortes em Belém podem sacar auxílio a partir de amanhã

sábado, 27/06/2020, 09:03 - Atualizado em 29/06/2020, 09:02 - Autor: Agência Pará


O Programa Recomeçar, do Governo do Estado, vai liberar mais de 1 milhão para os atingidos
O Programa Recomeçar, do Governo do Estado, vai liberar mais de 1 milhão para os atingidos | Alex Ribeiro/Agência Pará

Pode ser feito a partir da próxima terça-feira (30), em qualquer agência do Banco do Estado do Pará (Banpará), mediante apresentação de RG e CPF, o saque do auxílio financeiro, no valor de um salário mínimo (R$ 1.045), que o Programa Recomeçar, do governo do Estado, assegura a famílias que tiveram as casas atingidas por fortes chuvas em Belém. Divulgada nesta sexta-feira (26), a relação com 100 beneficiados - a sexta a sair e a primeira com cadastros feitos pela internet - está disponível no site do Corpo de Bombeiros.

Até a última lista divulgada, todos os beneficiados haviam sido cadastrados presencialmente, com inspeções técnicas da Defesa Civil ou por meio do Programa Territórios pela Paz (TerPaz). Com os cadastros feitos via web, a análise da documentação se tornou mais minuciosa.

“As pessoas que se cadastraram estão ansiosas pelas novas chamadas do programa e nos cobram isso, mas gostaríamos que compreendessem que precisamos analisar detalhadamente cada cadastro, para não haver inconsistências, já que estamos falando de recurso público. Por exemplo, alguns documentos anexados estão ilegíveis; outros estão em desacordo com os números digitados, e há ainda casos de pessoas que se cadastraram tanto presencialmente quanto pela internet”, explica o chefe da Divisão de Apoio Comunitário da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, major Arthur Arteaga.

Segundo ele, à medida que as análises forem concluídas, as listas de beneficiados serão divulgadas e os recursos, liberados, com prioridade para pessoas com menor renda familiar. “Quando há inconsistência na documentação, fazemos contato com os cadastrados para regularizar e não deixar ninguém sem receber o benefício”, complementa.

As pendências junto ao programa podem ser resolvidas presencialmente na Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, de terça a quinta-feira, de 10h às 13h. Para outras informações, é possível usar os canais de atendimento, pelo telefone (91) 98899-6323 ou e-mail [email protected]

Criado pelo Governo do Pará em março, o programa objetiva ajudar famílias paraenses na recomposição dos danos causados às moradias com os alagamentos e enxurradas ocasionados pelas chuvas do primeiro quadrimestre de 2020, já que muitas perderam móveis e eletrodomésticos e tiveram estruturas dos imóveis danificadas. No total, 1.093 pessoas já foram atendidas, totalizando R$ 1.142.185 liberados.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS