Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

SEGURANÇA

 Abaetetuba está há 60 dias sem homicídios 

sexta-feira, 26/06/2020, 10:16 - Atualizado em 26/06/2020, 10:57 - Autor: J.R Avelar


O último assassinato na cidade aconteceu em 24 de abril último. Em todo o primeiro semestre, até agora, foram registrados nove assassinatos no município. É o menor número no período desde o ano de 2015, segundo a delegada Renata Gurgel, da Polícia Civil
O último assassinato na cidade aconteceu em 24 de abril último. Em todo o primeiro semestre, até agora, foram registrados nove assassinatos no município. É o menor número no período desde o ano de 2015, segundo a delegada Renata Gurgel, da Polícia Civil | Divulgação

A Polícia Civil de Abaetetuba, na região nordeste do Pará, há 60 dias não registra homicídios dolosos, graças ao trabalho que vem sendo efetivado pela Superintendência Regional do Baixo Tocantins, em conjunto com a Polícia Militar e demais órgãos do sistema de segurança pública.

Segundo a delegada Renata Gurgel, o último caso ocorreu dia 24 de maio, quando a vítima foi golpeada por enxada e faleceu no hospital. A Polícia Civil agiu rápido e o autor do homicídio está identificado e com prisão preventiva expedida pela Justiça. Ele está na condição de foragido desde então.

Desde 2015, este é o primeiro semestre do ano com o menor número de homicídios registrados, sendo um total de 9. No primeiro semestre de 2015, foram 36. Em 2017, 45 mortes violentas. Já em 2018 foram 27 e, no primeiro semestre de 2019, os homicídios somaram 27 casos.

Os números do município refletem o que vem acontecendo no Estado do Pará, desde janeiro de 2019, com a nova gestão na área de segurança pública do Pará e consequente queda do número de casos.

É de se destacar que a Polícia Civil do Baixo Tocantins tem realizado diversas operações de repressão a esse tipo de crime na cidade, que somadas às constantes ações de combate ao tráfico de drogas e facções criminosas, têm contribuído para o alcance desses resultados.

Um dos destaques foi a intervenção, no presídio de Abaetetuba, e a transferência de líderes de facções criminosas para presídios federais. Isso, segundo a delegada Renata Gurgel, foi fundamental para a manutenção da ordem no município e também na região.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS