Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

VERIFICAÇÃO

Cai o número de óbitos em domicílio por suspeita de Covid-19 em Belém

quinta-feira, 18/06/2020, 22:23 - Atualizado em 18/06/2020, 23:09 - Autor: Ag. Pará


| Divulgação/Renato Chaves

O Serviço de Verificação de Óbito (SVO), da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), registrou queda nas solicitações de remoção de corpos em residências de casos suspeitos de Covid-19, na Região Metropolitana de Belém. Entre os dias 15 e 31 de maio houve 127 óbitos em domicílio, enquanto no intervalo de 1º a 15 de junho, o número diminuiu para 65. Entre as ocorrências, o número de casos suspeitos de Covid-19 saiu de 14, no primeiro período, para quatro, no segundo. 

Mais de 60 mil pessoas são recuperadas da Covid-19 no Pará

Covid-19: atendimentos na Policlínica Metropolitana reduzem em 63%

O número de óbitos em domicílio por causas naturais é um dos indicadores considerados pelo Governo do Pará na análise do comportamento da pandemia no Estado. "Quando acontece um óbito em domicílio a família precisa da declaração de óbito, e ela vai precisar do serviço de verificação de óbito. Nós estamos fazendo esse acompanhamento diariamente, reforçando que realmente houve redução dos óbitos e de casos suspeitos e confirmados de Covid", informou Ana Lúcia da Silva Ferreira, diretora do Departamento de Epidemiologia da Sespa. 

A média de atendimentos diários no primeiro período (15 a 31/05) ficou em sete. No segundo período (1º a 15/6) foram quatro óbitos/dia por causas naturais. "Nós observamos que houve uma redução em 48% para a ocorrência de óbitos, e 71% para suspeita de Covid-19. Com esse indicador, a gente pode reforçar que, realmente, na Região Metropolitana está acontecendo redução dos casos", ressaltou Ana Lúcia Ferreira. 

O mês de abril registrou pico de ocorrência de óbitos em domicílios, com média de 24 remoções por dia. Principalmente na segunda quinzena, houve registro de até 66 ocorrências em um único dia. 

Sem filas - No ponto alto do contágio na região, filas de carros de funerárias se formaram às proximidades do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Para diminuir a espera e amenizar a dor dos familiares, a Sespa chegou a modificar o atendimento com um serviço móvel de verificação, no mês de maio. 

A declaração de óbito passou a ser emitida pelo médico no local da ocorrência, eliminando assim a necessidade de enviar o corpo ao SVO, que funciona no mesmo prédio do Instituto Médico Legal (IML). Com a mudança, o número de veículos começou a reduzir, permitindo também o fluxo de outras demandas de identificação e liberação. 

As estatísticas mostram que o número de óbitos diminui à medida que aumenta o índice de isolamento social. Por essa razão, para manter a tendência de queda, a Sespa continua recomendando o distanciamento social e as medidas de prevenção, como uso de máscaras e higienização adequadas.

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS