Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TRANSPORTE

Máscara e higienização das mãos: previna-se também dentro dos veículos

terça-feira, 26/05/2020, 07:57 - Atualizado em 26/05/2020, 08:15 - Autor: Diário do Pará


Passageiros devem sempre usar máscaras e higienizar as mãos, entre outras ações de prevenção.
Passageiros devem sempre usar máscaras e higienizar as mãos, entre outras ações de prevenção. | Mauro Angelo/Diário do Pará

O uso de máscaras e a manutenção de distanciamento social têm de ser algumas das medidas de prevenção a Covid-19 também nos ônibus. A infectologista Irna Carneiro destaca que toda ação de prevenção precisa ser tomada.

“Usuários devem usar máscaras de forma correta e obrigatoriamente ao realizar o deslocamento através de transporte público. Manter o distanciamento entre os bancos. Higienizar frequentemente as mãos com álcool a 70% em gel após tocar as superfícies e evitar tocar o rosto, olhos, nariz e boca durante o percurso do transporte”, explicou.

Nos casos de táxis e carros pedidos por meio de aplicativos de transporte, a médica cita também outros cuidados. “A recomendação é sempre rodar com as janelas abertas ou com um mínimo delas entreaberto, para favorecer a circulação de ar. Em situações em que esta prática for impossibilitada, como em dias chuvosos, ao ligar o ar-condicionado, utilizá-lo sem a função de recirculação do ar, para que o aparelho possa liberar o ar interno acumulado e utilizar o ar que vem de fora.

Eliete Souza é diretora do Sindicato dos Taxistas do Município de Belém e afirma que o cuidado da categoria tem sido constante. “Todos seguem as prevenções na questão da saúde. A gente repassa a importância da higienização do carro, lavagem das mãos e do carro para que tenhamos essa prevenção. Cada colega anda com máscara e quem é do grupo de risco preferiu parar. Já quem trabalha normalmente tenta se proteger com a máscara e assim que desocupamos os carros fazemos a higienização”, diz.

Táxi

A diretora afirma que os motoristas de táxi têm evitado ao máximo contato com o passageiro, com a categoria inclusive pedindo para que os clientes fiquem sempre no banco traseiro do veículo. “Temos uma solicitação do próprio motorista ao usuário para que fique sempre atrás, sem ninguém na frente para evitar o contato próximo e é o que mais temos feito”.

Presidente do Sindicato de Motorista de Transporte por Aplicativo do Estado do Pará, Euclides Magno afirma que medidas semelhantes foram tomadas pelos motoristas que atendem por aplicativo, mas denuncia a lentidão das empresas para tomar ações mais efetivas que protejam os motoristas. “Apenas um mês e meio depois da pandemia elas (empresas de aplicativo) começaram a se movimentar, com um ajuda de custo de apenas R$ 40 para compra de álcool em gel, mas não era suficiente”, disse o presidente que entrou com ação judicial contra as empresas de aplicativo (Uber e 99) para que oferecessem uma assistência maior aos motoristas.

Ele destacou ainda as medidas que os motoristas têm tomado para evitar o contágio. “Disponibilizamos algumas cestas básicas e desenvolvemos ações judiciais para ajuste de contratos com as empresas que, hoje, é unilateral. Além disso, oferecemos materiais como máscaras e luvas, orientando que eles sempre andem com os vidros dos carros abertos”.

Entre uma viagem e outra, seja motoristas de táxis ou de transportes por aplicativos, é preciso tomar medidas de higienização dos veículos. A médica disse que é preciso dedicar atenção especial a determinadas partes do carro. “Passar um pano descartável com álcool nas portas internamente, maçanetas, alças, apoio de braços, cintos de segurança e outras superfícies de contato do motorista como volante e alavanca do câmbio e em seguida descartar o pano”.

Ela também deu dicas do que fazer ao terminar um dia de trabalho. “Usar borrifador para pulverizar com água sanitária (diluição de 2 colheres de sopa para cada 1 litro de água) em toda a região interna do carro como bancos, apoio de braço, maçanetas, alças e portas. Use para isso luvas de látex e máscara”.

PARA ENTENDER

algumas orientações

Passageiros

lPassageiros devem usar máscaras obrigatoriamente e de forma correta

lManter o distanciamento entre os bancos

lHigienizar as mãos frequentemente com álcool em gel 70% depois de tocar em superfícies

lEvitar tocar no rosto, olhos, boca e nariz durante todo o percurso

lManter as janelas abertas sempre que possível

No caso do uso de táxis ou carros de aplicativo, estar sempre no banco de trás, no lado oposto ao do motorista

Para os motoristas

l Rodar com os veículos sempre com as janelas abertas ou semiabertas para favorecer a circulação do ar.

l Borrifar solução de água e sabão neutro e passar suavemente com escova macia. Em seguida deixar o veículo ligado com ar quente por 20 minutos para promover secagem antes da próxima corrida.

l Após o dia de trabalho, usar borrifador para pulverizar com água sanitária (diluição de 2 colheres de sopa para cada 1 litro de água) em toda a região interna do carro como bancos, apoio de braço, maçanetas, alças e portas. Para isso é recomendável o uso de luvas de látex e máscara.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS