Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TENDÊNCIA

Relatório da UFPA e UFRA mostra que casos de covid-19 em Belém estão em queda

sábado, 23/05/2020, 23:07 - Atualizado em 23/05/2020, 23:05 - Autor: Ag. Pará


| Wagner Santana/Diário do Pará

O Governo do Estado divulgará ainda neste sábado (23) um novo decreto estadual relacionado às restrições de circulação de pessoas pós-lockdown, que termina amanhã, dia 24.

As determinações levam em consideração um relatório técnico  realizado pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e Universidade Federal do Pará (UFPA), com o apoio da Secretária de Estado de Saúde Pública (Sespa), da Secretária de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa). A análise mostra que o número de casos na capital paraense segue em tendência de queda.

 

reprodução
 


"A região metropolitana de Belém apresenta uma tendência de redução na contaminação e óbitos por Covid-19, bem como na sua demanda por recursos hospitalares. Este fato, na atual conjuntura, permite afirmar que o dimensionamento destes recursos está condizente com a capacidade de suprimento do estado", informa o relatório.

"A análise desse grupo é o que embasa a decisão a respeito do quadro epidemiológico que permite, de maneira muito gradativa, termos este momento posterior. A partir de segunda-feira, 25, teremos a responsabilidade de manter o isolamento social. Não é possível sair do lockdown para a normalidade, será algo que ocorrerá de semana a semana, para que não tenhamos uma nova onda de contaminação", explica o governador Helder Barbalho. "Está comprovado tecnicamente que a curva epidemiológica vem caindo, com menor número de casos confirmados e de mortes. Temos que ter cautela, serenidade e pensar na saúde e na vida das pessoas, e agir de forma responsável", reforça o chefe do executivo paraense.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS