Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

ESTRATÉGIAS

Governador Helder convoca entidades para discutir fim do lockdown

terça-feira, 19/05/2020, 18:37 - Atualizado em 19/05/2020, 22:16 - Autor: DOL


| Bruno Cecim/Agência Pará

Uma reunião será realizada, na manhã desta quarta-feira (20), entre o Governo do Estado do Pará e diversas associações do comércio, da indústria e do ensino paraenses com o objetivo de discutir a retomada das atividades econômicas que estão suspensas por causa da pandemia do covid-19. 

Segundo informações do Governo do Estado do Pará, foram convocados, para a reunião, representantes da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB-PA), Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), Federação do Comércio do Estado do Pará (Fecomercio), do Sindicato da Indústria da Construção no Estado do Pará (Sinduscon), Sindicato do Comércio Varejista e dos Lojistas de Belém (Sindilojas) e Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Pará (Faciapa).

Foram chamadas para a reunião também representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Pará (Abrasel), do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino, Associação dos Shoppings Centers.

Por fim, participam da reunião o Procurador Geral do Estado do Pará, Ricardo Sefer, e as representantes do  Conselho de Educação do Estado do Pará. Betania Fidalgo e Elieth Braga. 

Os diálogos para a retomada gradual das atividades econômicas irão iniciar após análises mostrarem que o período de pico da covid-19 já passou na Região Metropolitana de Belém. O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que esteve ontem (18) na capital paraense, afirmou que as semanas mais críticas na Grande Belém ocorreram entre o dia 20 de abril e os primeiros dias de maio.

No pico da pandemia, o número de mortos saltou de 8 por dia para quase 60, segundo dados do Serviço de Verificação de Óbitos detalhados pelo governador Helder Barbalho na reunião com Mandetta. Ainda de acordo com Helder, atualmente a média de óbitos é de 16 por dia. 

Ainda de acordo com dados do SVO, a média histórica de óbitos no mês de abril saltou de 40 por mês para cerca de 600 no pico da pandemia. O governador explicou que a tendência agora é o número de casos cair na RMB, mas para isso é necessário que a população fique em casa, pois o lockdown começa a dar um cenário de segurar o avanço do contágio.

“Mas a população precisa compreender que o vírus continua a circular, nós temos diariamente identificado cerca de 800, 850 casos de contaminação, mas isso não está aumentando a cada dia, permanece este número adequado, o que nos permite dizer que nós estamos conseguindo conter e só as medidas de isolamento é que têm permitido isto”, explicou Helder Barbalho.

A estratégia de isolamento total (lockdown) teve início no dia 7 de maio em 10 cidades paraenses. A primeira previsão era que a medida se estenderia até o dia 17 de maio, mas ela foi prolongada até o próximo dia 24. Mais sete cidades paraenses também começaram a seguir as medidas de isolamento nos últimos dias. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS